ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

A altura mais difícil do dia...

Já quando só era a Alice, a altura mais difícil do dia era deitá-la à noite... As desculpas para não ir para a cama, o tempo sentada na sanita muitas vezes sem fazer nada, uma história para ler, o beijinho, o abraço, a sanita novamente porque afinal o cócó quer sair. Raro o dia que este jogo não leva uma boa meia hora.
Agora juntem a esta equação um bebé de um mês que quer mama, que chora enquanto estou num jogo de cintura com a irmã. Estar sozinha à noite a gerir a rotina de jantar e cama é para mim o mais difícil pois durante o dia sempre lhe posso colocar a ver desenhos animados enquanto cuido do bebé.
Valentes e heroínas mães solteiras ou de pais ausentes que gerem filhos e casas.
A mim, dá-me cá uma vontade de subir a um monte e gritttttaaaaaaarrrrr muito.

P.S. Post escrito logo após estar 1 hora para deitar a Alice. Subir e descer as escadas dezenas de vezes porque na sala o mais novo chorava volta e meia. Agora a mais velha dorme (acho) e o mais novo está ao meu colo a dormir.

3 comentários:

Jardim de Chuva Prateada disse...

Claúdia, tenho andado ausente da blogosfera e dou-te os parabéns pelo teu menino António e que a vida lhe sorria muito.

Quanto ao resto, sabes nós somos capazes sempre de muito mais do que julgamos. E quando as circunstâncias se dão, não temos mesmo outra alternativa. Com o tempo, vais conseguir gerir dois filhos à noite e de dia :) olha, o importante é mesmo um dia de cada vez. beijinhos e muita força para esta etapa.

A Pimenta* disse...

De facto todas estas mães merecem uma estátua. Eu só tenho uma filha e reconheço que a ajuda do meu marido é fundamental, sobretudo à noite. Agora imagino com dois filhos.... não é de todo fácil!

Anónimo disse...

Como eu te compreendo! Mas digo-te quando o António ficar sem cólicas a situação melhora!

Giovanna