ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Para os esquecidos

Passa hoje na TVI o compacto da noite de Oscar.

Nem sempre o tradicional smoking preto

E toda a blogosfera fala dos vestidos e toda a blogosfera coloca as imagens do mundo do espectáculo sem nunca fazer referência aos homens, ao seu traje, quase sempre preto. Mas nem sempre, nem sempre... mas ninguém fala, ninguém elogia a cor, o tecido e a forma como cai na pessoa que o ostenta.
Minhas caras senhoras, nem sempre o tradicional smoking preto. Também existe matéria para se falar da roupa dita masculina.

P.S. Por que razão tenho a certeza que uma pessoa que cá conheço vai ficar todo invejoso, ruído e vai a correr fazer um igual para si. Alguém muito venenoso e mais não digo...

Geefwee Boedoe & Laurey Folk - Animador do filme de animação Let's Pollute e sua esposas

É a loucura total

Caldo Verde quase pronto e ponho-me a cozer esparguete. Daqui a nada preparo um banquete num abrir e fechar de olhos. Ah, e ainda escrevo no blog, vejo os óscares e daqui a nada junto a isto o esboço de um Plano de Actividades.
Não tentem isto em casa, pelo menos não sem uma rede de protecção.

Está tudo a andar

Tudo ao lume. Claro que não segui a receita. Claro que não sei quantidades e estou fiada no meu olho míope. Claro que não há certezas de sucesso. Claro que já juntei ingredientes que nem constavam (cebola e alho). E claro que o sal só junto depois de levantar fervura. Até os mais incultos sabem que o sal atrasa a fervura da água, não sabem?

Mais duas ou três vezes na cozinha, duas ou três copas acima e duas ou três lambidelas nos dedos e estou a ser convidada para substituir a senhora abaixo. Havemos de ouvir falar...

As alegrias do Google

Coloquei no google "Como fazer caldo verde" e agora vou para a cozinha como uma mulher grande. Fico na dúvida se deveria ter colocado: "Como fazer um show com caldo verde".
Fiz uma leitura na diagonal, só para ver os ingredientes, a ver se levava alguma coisa secreta que desconhecesse, agora vou dar um show na minha cozinha. Sorte a minha que não há espectadores!

Nem passou pela lavagem...

... não é aconselhável mas era novo e isso justifica quase tudo ;)





Ainda bem...

... que só se fala nos vestidos e ninguém fala nos Óscares. Ontem adormeci ainda estavam todos nos flashes da passadeira vermelha e hoje quero ver a cerimónia como se fosse em directo.
Por favor, nada de comentários com as revelações dos prémios. Aqui só se pode falar em vestidos, amanhã está aberta a discussão dos filmes.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Boyfriend jacket

O dia foi passado em casa mas ao final da tarde dei um pulo ao shopping com a minha mãe. Tivemos lá pouco tempo, a maior parte passado na ZARA.
Ganhei de oferta um boyfriend jacket preto que vai ficar perfeito no meu closet, prevendo-se que seja usado muitas vezes.


Parece muito largo mas fica perfeito. 

Está decidido!

Se ninguém casar este ano, compro este vestido e no próximo sábado de manhã já estou no mercado a comprar os legumes da semana.
Que atire a primeira pedra aquele que não tem casamentos este ano nem vontade nenhuma de ter um vestido novo! (Deve reunir estas duas condicionantes)

asos.com

Associação de ideias

Estava a ver sapatos no site da Zara e, de repente, lembrei-me que estou quase a fazer anos.
Há coisas que nos fazem lembrar outras mesmo que não haja uma ligação directa mas, uma coisa é certa, de certeza que vou estar calçada nesse dia, logo, sapatos ou botas nos pés.


Olhava para coisas deste género...

Noite de Óscares

É hoje, pela noite dentro. Como não tenho a capacidade de resistir quando o sono aparece, vou colocar a gravar...

Nem parece domingo

Hoje não há almoço de família... A minha mãe informou-nos domingo passado que tinha um batizado hoje. Estamos todos por nossa conta...

Naomi Watts - Movieline’s Hollywood Life by Yariv Milchan, January 2004

Riscas

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Dora e Companhia

Quando a filha da H.P. chegou ao pé de mim a primeira coisa que me disse foi:
"Hoje eu quero falar com a Dora!"
Deviam ser umas 11h e pouco e respondi-lhe logo:
"Oh meu amor, a Dora a esta hora deve estar a dormir."

Fim de semana, jantares com Bob, o Construtor, quem sabe o Noddy e o resto da equipa, impossível estar acordada a esta hora, mesmo que em Lisboa já passasse do meio dia.

Cookie, já sabes que qualquer dia estou a ligar-te para falarem com a Dora. Se tiver ao pé de ti a Hannah Montana é que vai ser a loucura total. Estou aqui a pensar numa forma de colocar isto a facturar: 10% para ti, 90% para mim, afinal sou eu que pago a chamada. (Não venhas dizer que temos ambas Moche que não vou na cantiga)

É quase igual

Tenho vontade de fazer uns looks no computador mas em vez disso vou dobrar uma roupinha que é quase igual.

Lindsey Wixson: Child in time - Vogue China by Willy Vanderperre, March 2011

A princesa da H.P.

A sua filha é meiga e faladora. Encontrámo-nos na rua. Como estava sol parecia que todos tínhamos tido o mesmo pensamento: "Vamos sair!" De repente, à volta da mesa já éramos 7, miúdos e graúdos aproveitando o lindo dia que fazia.
A sua filha dançava e rodava como uma linda bailarina.



Almoço com vista para o mar

Não é difícil estar numa ilha e não ter uma refeição com vista para o mar. Posso até fazê-lo na minha varanda. Contudo, há vistas e vistas para o mar.
Hoje foi uma vista bem melhor do que se tivesse sido da minha varanda.



Características técnicas: Fotografias tiradas sentada à mesa. A primeira sem zoom a segunda com zoom.
Eu sei que é demasiado técnico mas, vai-se lá saber e algum profissional de fotografia vem ver a minha arte?! 

Usar um jumpsuit

São bonitos, alguns bem confortáveis, elegantes, escuros ou coloridos. Tudo muito bem até aqui.
Quando é que a coisa deixa de ser só alegrias e passa a tristezas? Quando a bexiga enche e temos que ir à casa de banho. Sou só eu que fico quase nua quando me tenho que sentar na sanita? Se é em casa, vai que não vai mas numa casa de banho pública é deveras desagradável combinar o equilíbrio com a nudez do joelho para cima.

O que se pode pedir mais?

É sábado e faz sol...

E ninguém se casa este ano?

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Alegrias do blog

Eu gosto deste blog por muitas e variadas razões mas há uma em particular que me deixa mais feliz do que qualquer outra: a função de diário.
Eu tive diários desde muito novita até aos tempos da universidade. Houve temporadas em que não escrevia, houve outras em que escrevia todos os dias. No meu diário colocava bilhetes de cinema, retalhos dos vestidos que a minha mãe me fazia, recortes de jornal, tudo o que estava envolvido com a minha vida. Adorava escrever os meus pensamentos e contar o meu dia.
Este blog, com o devido flitro que não existia nos meus diários, conta a história da minha vida. Espero que aqui fique para todo o sempre, que daqui a 10 ou 20 anos possa recordar o que vivi e os meus filhos possam ler parte do que a sua mãe fez, disse, partiu e reclamou.

Neste primeiro ano já tantas coisas boas aconteceram:
1- B. abriu o RESERVA;
2- H.P. foi mãe de uma linda menina de 6 anos;
3- S.J. deu à luz à nossa princesa Clara;
4- Lu casou com o homem da sua vida e estávamos todos lá;
5- A minha prima Mada esteve gravidíssima e deu à luz a sua Margarida;
6- Nasceu o meu sobrinho David que vive longe, muito longe na Roménia;
7- Coração de aluguer entregou-se ao amor.

Tudo em 2010, tudo no primeiro ano deste blog. Que primeiro ano fantástico e é só o começo, tenho a certeza.

I agree

Momentos...

... em que falo pouco e que escrevo pouco. Esta sexta está a ser assim...

Diane Kruger - Madame Figaro by Felix Lammers, November 2008

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Coragem

Não quero cair em lugares comuns, em frases feitas, em facilitismo nas palavras e é com um nó na garganta e no peito que digo ABBY.
Não consigo imaginar a sua dor e muito menos a sua coragem e vontade de viver.
Não há palavras para o que esta mulher perdeu...

Cold Mountain

Anos mais tarde, quando já toda a gente se esqueceu, é que tenho a oportunidade de ver. O início achei um pouco chato, adorei o desenrolar mais adiante e entristeceu-me o final. Não era preciso ter sido assim...

Será um contra-senso

Não sou muito amiga do fogão...
Cozinho quando preciso, sei cozinhar, minimamente, desde muito nova, pois quando vivia em casa dos meus pais a tarefa de fazer o jantar rodava por todos.
Não cozinho todos os dias, posso até passar mais de um mês, dois ou três apenas nos aquecimentos de pratos de comida.
Tenho a sorte de partilhar a minha vida com alguém que lida com os ingredientes e o fogão como algo tão natural e perfeito.
Contudo...
Eu sou muito amiga de livros de culinária e de programas de culinária. Adoro as imagens dos cozinhados, dos pratos feitos, da combinação de todos os produtos, dos truques, do amor que quem cozinha coloca em cada condimento.
E fico assim, pelos livros e pelos programas. Será um contra-senso?

Valores do Rastreio

Fui vista por uma nutricionista muito simpática que está na Farmácia Viera & Botelho, na rua de S. João em Ponta Delgada, todas as quintas-feiras das 9h às 19h a dar consultas de nutrição. A primeira custa 18€ e as restantes 7€. Fiquei positivamente surpreendida com os valores praticados.

Os meus resultados foram:
Peso: 55kg (gosto bem mais da balança da Lu)
Altura: 1,63m
Peito: 87cm
Cintura: 68cm
Anca: 92cm
IMC: 20,7
% gordura: 28,9%
Tensão Arterial: 118/81

Ela disse que eu estava bem. Tenho que beber muita água e fazer algum exercício. Cuidado com as gorduras, os fritos e os doces.

Rastreio

Hoje vou fazer um rastreio à farmácia. Eu não entendi bem a que é feito o rastreio mas no cartaz dizia em letras bem visíveis: Grátis. Quem não gosta desta palavra mágica que atire a primeira pedra!

Trocada por umas calças de ganga

Desde o dia da saia de folhos que não via o senhor que limpa a minha rua. Hoje subindo a mesma rua lá o vejo a assobiar e a cantar as suas rimas.
Ao aproximarmo-nos lá vai ele: "Bom dia, borboleta!"
E eu pensei logo: "Eih lá! Afinal o cumprimento aplica-se a todas as saias"! Vou sorrir e dizer bom dia quando olho para o lado e reparei que o cumprimento era para uma rapariga que passava de calças de ganga.
Quando nos aproximamos mais lá sai o cumprimento, agora para mim: "Bom dia irmã do meu coração!" (com a entoação reforçada nos ãos como quem declama Os Lusíadas)

Moral da história: Não tem nada a ver com as roupas, com o facto de fazer chuva ou sol. Estou desconfiada que ele vai alternado entre as pessoas que passam: uma vez borboleta, uma vez irmã, uma vez borboleta, uma vez irmã. Ou então com rimas que já vêm sendo entoadas desde o início da rua e eu só o apanho a meio.

Christina Hendricks by Mike Rosenthal, 2009

BB

Anda uma pessoa com a cabeça às voltas todos os dias de manhã para combinar parte de baixo com parte de cima, com sapatos e acessórios quando, às vezes, BB (Basta Blusa). Veste-se uma blusinha e toca a andar que se faz tarde.

Christina Aguilera

Nota Importante: Nesse dia não esquecer que não nos podemos baixar, sentar ou levantar os braços. Toda a expressão corporal deve-se centrar no rosto.

54,5 Kg

Achei que a gripe quando chegou fez-me perder um quilo ou outro, depois pensei que ao mesmo tempo que a gripe tinha partido tinha-me devolvido o quilo ou outro roubado...
Estou há semanas para me pesar mas a minha balança não é digital e eu fico na dúvida se o ponteiro está mais acima ou mais abaixo.
Hoje em casa da minha amiga Lu, antes de jantar, decidi subir à balança digital dela e confirmar as suspeitas: 54,5 kg.
É um bom número. Agora só falta combater a celulite e uma elevação na zona lombar, ou seja, estou lixada...

Zooey Deschanel

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Projecto

O primeiro dia de um projecto de 3 anos. Uma escolha minha, uma aposta profissional e pessoal minha, um desafio meu. Espero estar à altura e certa de que tomei a decisão mais correcta. Só o tempo dirá... mas farei tudo para que no final sinta que fiz diferença, em mim e nos outros.

Rachel Hurd Wood by Erez Sabag, 2011

P.S. A minha agenda será bem mais preenchida...

Viver mais anos

Não que seja fã do Dr. Oz mas ontem lá fiquei a ver um pedaço do programa quando, em zapping, ouvi ele dizer que ia ensinar uns truques para se viver mais anos. Pensei "Ei lá, isto é para mim".

Primeiro truque: fazer voluntariado.
Razões:
1- As pessoas têm um objectivo;
2- As pessoas sentem-se mais felizes ao fazer o bem aos outros;
3- As pessoas desligam-se mais dos seus problemas.

Realmente, pelas razões não é nada difícil perceber que vivemos mais anos fazendo voluntariado. Muitas vezes faltam-nos objectivos na vida e ficamos tão focados naquilo que achamos ser um (uns) problema(s) que não conseguimos levantar os olhos do nosso umbigo e olhar à volta.

Eu nunca fiz voluntariado apesar de achar que sou voluntariosa com amigos e família. Penso nisso todos os anos e numa preguiça quase vergonhosa vou deixando passar e passar. Não está fora de questão, só preciso de me disciplinar mais e ser mais pro-activa.


P.S. Precisamos "todos" de nos descentralizar um pouco de nós próprios e olhar mais à nossa volta.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Hoje é dia de ir às urnas

Nada de escala nacional, algo bem mais regional e específico a uma área.

Aluguer de casas

No meio de anúncios de casas e apartamentos de aluguer (que deviam ser de arrendamento pois os alugueres são para bens móveis, creio eu), lá aparece um aluguer, esse sim, de um "bem móvel".

É a crise, senhores! Cada um vira-se como pode com o potencial que possui.

Spring is coming

E nesta Primavera/Verão já se sabe que as cores fortes serão predominantes num uso de 2 ou mais cores no mesmo outfit. Eu gosto muito pois dá um ar de festa, animação e felicidade em vez do tão frequente preto ou branco.

Ai, Heidi, como é possível depois de tantos filhos?!

Vento

Hoje acordei com o barulho do vento. Não é algo que me agrade muito, na verdade, é um pouco assustador...

Anne Hathaway - BlackBook, July 2006

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Ressaca televisiva

Desde quinta-feira que não vejo o Biggest Loser e acho que estou a entrar em ressaca. Estou inquieta por ver hoje 2 episódios seguidos, torcer por eles enquanto bebo um chá e como umas bolachinhas (coisa pouca). E quando eles sobem à balança e depois choram de alegria ou tristeza eu não consigo ficar indiferente e sinto como se fossem todos pessoas minhas conhecidas. Uns nervos... ai...
Estou a torcer por todos, menos pela Tracy.

Adoro a mistura de texturas

Adoro tecidos ricos misturados com lãs ou outros tecidos mais "pobres" como o algodão. Adoro essa mistura de texturas e este seria um look que levaria amanhã para o trabalho e ficaria tão, tão contente.

Adoro uma boa camisa branca

Um pouco de Shakespeare para todos nós

Esta frase vem no seguimento de alguns posts da Corisca Ruim e, por isso, particularmente para ela, mas serve para todos nós...

"Sofremos tanto pelo tão pouco que não temos e gozamos tão pouco a imensidão daquilo que possuímos." (Shakespeare)

Somos eternos insatisfeitos, numa busca incessante da felicidade e bem estar plenos, numa busca de nós e do outro, numa falta de conhecimento do que somos e do que queremos. Um dia olhamos para trás, vemos o tempo perdido e o quanto não nos apercebemos da felicidade que sentíamos na altura.

Rachel Hurd Wood by Erez Sabag, 2011

Marcação de férias

Esta semana as férias tinham de ficar marcadas e a mim, mete-me alguma confusão, marcá-las com tanta antecedência. Eu sei lá... quando vou querer ou puder ter férias. Quando as temos de conjugar com outra pessoa ainda pior, quando a outra pessoa ainda não sabe quando serão as férias, piora ainda mais.
Em todo o caso, obrigatório marcá-las.
Assim, tenho uma semana no Carnaval, uma semana nas festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, três semanas em final de Julho, início de Agosto e uma semana no Natal.
Isto dá muitas semanas porque encosta a feriados e tolerâncias de ponto. Ao fim ao cabo, são apenas 24 dias.

P.S. Não me parece que não haja alterações e pequenos ajustes mais de acordo com conjunturas alheias à minha vontade.

"Bom dia, Borboleta"

Crítica Cinematográfica

No domingo foram visualizados (quase visualizados) dois filmes que, por motivos de força maior, foram interrompidos a meio.
A crítica fica, neste sentido, adiada para outro dia. Contudo, os minutos visualizados permitem algumas ilações:

1. O filme Deja vú tem uma vertente de espaço e tempo de difícil compreensão. Tudo o que é viajar no tempo (para o passado ou futuro), actualmente impossível, deixa-me um pouco confusa. Se o tempo é linear, se se curva, se temos espaços paralelos, etc,etc

2. O filme Miúdos e Graúdos, até ao momento de interrupção estava um pouco chato. Uma ou outra gargalhada mas chato...



P.S. Tenho plena consciência que as visualizações destas duas películas vão disparar face a uma crítica cinematográfica desta qualidade e tão esclarecedora.

To everyone