ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Fico contente...

... quando me contam que ouviram elogios à minha pessoa... (o mau geralmente já não contam à pessoa, contam a outras pessoas).

Boas recordações

Google traz-nos hoje boas recordações...

Vou para o Campo

Já a tenho há muito tempo mas só há 2 semanas a retirei da prateleira mais alta do meu closet para a mais baixa. Uso-a mais vezes mas é a primeira vez que vem trabalhar.
Vim a pé para o trabalho com ela na mão e a sensação que tinha é que ia fazer um piquenique no campo. Os saltos altos e umas calças pretas e largas de seda contrastam com o rural da mala. Gosto de contrastes.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Devolução

Chegou junto de mim o senhor que trabalha na recepção do local onde trabalho com um saco na mão. Disse: "Veio aqui uma pequena loirinha entregar isto para a senhora. Não sabia que estava aqui."
Eu agradeci. Não sei que resposta ele deu à pessoa.

A pequena loirinha é a Kaipiroska que veio devolver o écharpe com um bilhete de agradecimento. Fez-me sorrir e confirmar que esta ilha é pequena mas cheia de pessoas grandes.


"Vemo-nos na blogosfera" dizia o bilhete. Sim, vemo-nos neste "mundo", tão semelhante a tantos outros.

Dias assim...

Existem dias em que gostava de resolver as coisas de uma forma rápida e eficaz.
Chegava com o meu equipamento junto dos problemas e resolvia tudo em 5 minutos.

Como rapariga defensora do diálogo pedia primeiro as últimas palavras.

To Mari

Sabes que ele está em fase de negação, não fiques triste...

Sempre a aprender

Hoje, logo pela manhã, ao chegar ao trabalho uma colega falava da sua neta e contava as suas peripécias ao sair de casa. Não sei bem como, no meio da conversa, referiu-se ao orgão sexual feminino como TIGELINHA. A minha expressão manteve-se impávida e serena não havendo qualquer sinal do rosto que transparecesse o que ecoava dentro de mim: "Tigelinha???!!! O quê?!"
Já ouvi muitos nomes, principalmente quando falam desse orgão às crianças mas este foi a primeira vez.
Defendo sempre a partilha de conhecimento, daí este post de interesse nacional.

Não saiu o meu número

Os dados foram lançados mas a sorte não estava do meu lado. Não consigo 3500€ para fazer a pós-graduação em que me inscrevi e para a qual fui seleccionada.
Ontem B. tinha-me alertado: "Não tenhas muitas esperanças porque depois ficas desiludida."
Eu respondi que sabia. Mas algo em mim dizia que podia conseguir... Agora sei que é impossível. Por mais que queira não seria uma opção viável desembolsar esse valor.
Enquanto vivia em casa dos meus pais pude gastar milhares, alguns milhares valentes a fazer licenciatura, pós-graduação e mestrado (ainda na altura em que era impossível fazê-lo em menos de 3 ou 4 anos) e passar na Universidade quase 10 anos da minha vida.
Hoje em dia, as prioridades são outras, as despesas também e não posso pensar apenas em mim...
Para o ano abre doutoramento, quem sabe as condicionantes serão outras... assim sigo para cima em vez de andar para os lados.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Os dados estão lançados

Fiz uma tentativa, tentei encontrar uma solução para aquilo que ambiciono. Agora só quero ter pensamento positivo, muita energia à minha volta e acreditar, acreditar que pode ser possível.


To SJ e Prima Mada

Para as duas mais recentes mães que moram no meu pensamento e no meu coração todos os dias da minha vida... Para duas mães de coragem e força de quem muito me orgulho... Para duas mães que me fazem falta e que, apesar de longe, moram tão perto de mim.


Nem sempre roupa e sapatos

O relatório da OCDE afirma que o Estado Português não poderá cortar mais na depesa pública para fazer face à crise. A resposta está no congelamento de salários e aumento de impostos.

P.S. Bem melhor falar de roupa e sapatos...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Lindo

Gostava de ter este espaço em minha casa.
Gostava de ter uma entrada de flores para um espaço mágico.
Gostava de lá poder entrar sempre que as coisas não corressem bem.
Gostava que tudo isto fosse possível e real.

Araçás

Talvez nem todos conheçam, é uma pena. É um fruto delicioso, um dos meus preferidos. Agora comia uma tigela cheia.

Selo de Vitalidade

1. Dizer quem me ofereceu: MAG
2. Qual é a tua fruta preferida: Araçais
3. Comentar o blog da criadora: Não percebi esta questão mas todas respondem: Feito. (não sei...)
4. Oferecer a 4 blogues com muita energia:
Piring
Bola no pé
Sem/7
Kaipiroska

Dizem... mas é mentira

Dizem que o dinheiro não traz felicidade... dizem mas é mentira. Uma mentira inventada por alguém muito rico para nos tornar menos infelizes...
Eu não precisava ser rica, precisava ter apenas um pouco mais, um pouco mais que me permitisse realizar algo que queria tanto e não posso. E não é o tempo que me falta, a vontade que não existe, a capacidade em mim de o realizar e tentar ser a melhor, é mesmo o dinheiro, o dinheiro que me falta...
E isto não me deixa feliz, bem pelo contrário, deixa-me triste...

Quero pedir um desejo...

To B.

Só com o poder da mente...

Ainda nem comecei a fazer exercício e acho que já estou a ficar com menos barriga.
O meu mano mais velho que tem um curso de personal trainer e um ginásio em casa que me colocava nas melhores passarelles do mundo. Ele diz que o mal das mulheres é fazerem muito cardio e depois ficam flácidas. Diz que o músculo tem de ser exercitado. Quando terminarem as semanas de oferta no Vivafit vou passar a ir ter com o meu personal trainer. Ele diz que vou conhecer a verdadeira dor... medo, muito medo!

Estou quase assim, quase, quase... :)

Pouca vontade...

... para esta segunda-feira. O dia nasceu com chuva e nublado mas, entrentanto, já se vislumbra o céu azul e o sol a espreitar.
É bom sinal começarmos uma nova semana. Melhor seria noutro cenário mas há pior, muito pior...

domingo, 26 de setembro de 2010

Se pedir não custa...

Quero um lenço e uma camisola com este padrão. Por enquanto é só.

Agenda

Todos os dias, não conseguindo viver sem ela, eu uso a minha agenda. Sempre que o final do ano se aproxima, aproxima-se a minha odisseia à procura daquela que será minha parceira durante um ano inteiro.
Há pouco, estando na descoberta de novos blogs, senti que tinha encontrado a minha parceira. Fiquei rendida, completamente rendida...




Imagens retiradas do blog da artista e responsável por estes e outros projectos deliciosos:

Tem que ser...

Tenho que me organizar, de me disciplinar e de criar novas rotinas. Definitivamente o exercício físico tem que entrar nas minhas actividades.
Tenho 4 semanas de treino gratuitas no VivaFit. Está mais que na hora de começar...

Simplesmente adoro...

Domingos em família, rodeada das pessoas mais importantes da minha vida, sentir-me em casa...







Verdadeira obra-prima

Há muito que não via um filme, há muito que não me deslumbrava com um argumento, há muito que não terminava de ver um filme com a nítida vontade de o rever de seguida e observar cada pormenor.
Esta tarde, em casa do meu irmão, em grande ecrã, vimos Shutter Island, um filme do magnífico Martin Scorsese, com Leonardo DiCaprio no papel principal, provavelmente, no seu melhor papel.
O filme prende desde o primeiro momento até ao final. É um filme bastante visual, emotivo e perturbador. O final suscita debate, dúvida, necessidade de pesquisa para tentar perceber se a nossa interpretação é a mais correcta. Faz-nos pensar, sem sombra de dúvidas. Foi uma agradável surpresa numa tarde de domingo.


Aconselha-se a quem se quiser deixar envolver numa verdadeira obra-prima de um mestre.
Mari e PBoy, têm de ver...

sábado, 25 de setembro de 2010

Mapeca

Saudades de estarmos os 3 juntos...

Adeus música nos ouvidos

Não há rádio no carro, já há quase 1 ano. Sobrevive-se... Agora não há música na rua: em caminhadas (já não as faço mas podia retomar), nas idas a pé para o trabalho (retomei-as), no raio que me parta (quando estou chateada).
Não sei bem como mas matei o meu (na verdade era de B.) MP4. O natal está à porta e acho que vai saltar para o topo da lista. Pode ser o mais barato do mercado. Só quero que dê música, mais nada!

A minha tia mais nova

A minha tia mais nova tem a idade do meu irmão, apenas 2 anos mais velha do que eu. Andámos juntas na escola, corremos e brincámos juntas, partilhámos a nossa infância como se fossemos duas irmãs. Na verdade, a minha mãe fazia-nos vestidos iguais e íamos para as festas de mãos dadas e sorriso no rosto.
(Não será necessário dizer que este cenário data de muitos, muitos anos atrás.)
Actualmente a minha tia está longe, no ponto mais ocidental da Europa, a viver uma vida plena ao lado de quem ama e com quem teve 2 filhos lindos. É uma mãe dedicada e muito presente, uma verdadeira dedicação a 100%.
Hoje tivemos juntas. Cinco minutos abraçadas, querendo matar todas as saudades, recordar nesse abraço tudo o que vivemos juntas e o quanto fomos felizes. Vieram-nos à mente as brincadeiras, as fotos tiradas enroladas em lençóis imitando vestidos de alta costura, os filmes de terror que nos matava de medo e a minha prima Mari sempre de roda de nós em todos os momentos.
Veio por 2 dias, a um casamento de amigos. Parte na segunda-feira e parece-me que não conseguiu matar-me as saudades. Acho que veio aumentá-las, fazer-me recordar o que estava adormecido e fazer-me sentir que tenho a minha tia Carla tão longe de mim.

ADSE

Sim, já me apercebi que a Segurança Social é muito pior que a ADSE. O mês passado cheguei a essa brilhante conclusão e decidi inscrever-me em mais um sistema de protecção social, neste caso, dos funcionários e agentes da Administração Pública.
Quando fui levantar os meus 38,16€ despedi-me das funcionárias e disse que já lá não voltava mais. Fizeram cara triste mas a vida é mesmo assim, cruel...

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Sexta-feira longa

E eu a pensar que ia sair às 16h30, passar no cabeleireiro, lanchar com B. e isto e aquilo...
Qual quê! Presa no trabalho... com problemas a resolver, à espera que aconteça o que me prometeram: "Eu já te ligo..."
Vamos aguardar...

Gamas

Hoje vou levantar o reembolso de mais de 600€ gastos em consultas, depois de terem convocado uma Junta Médica para confirmar que todos os tratamentos tinham-me realmente sido feitos à minha boca, decidiram que tenho o direito de reaver 38€. Ai daquele que falar mal da Segurança Social!
Ainda não pensei o que vou fazer com esses 38€. Tantas ideias, loucuras e devaneios!
Se calhar vou gastar tudo em Gamas. Chegar ao Supermercado Manteiga e dizer: "Quero isto tudo em gamas!"


P.S. Gama significa Pastilha Elástica. Foi uma adaptação feita pelos açorianos à palavra inglesa gum.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A pedido de muitas famílias

Saí do trabalho e fui a correr buscar a minha encomenda. A ideia de ter uma capa para o edredão que já foi para a lavandaria por não ter uma estava quase concretizada e a custo zero.
Pois bem, senhoras, a capa é bonita, um tecido não muito compacto ou forte, mas mesmo assim bonita. Como oferta perfeita, ou melhor, quase perfeita. O nosso edredão não coube lá dentro. Nem chegámos a experimentar, bastou colocar a capa sobre a cama para ver que afinal os 200cm por 200cm não significam grandes dimensões como a La Redoute promove (a não ser nas camas de solteiros). A capa vem com 2 fronhas de almofada.
Continuamos sem forra ou capa, vamos usar esta num outro edredão mais pequeno que temos continuando a nossa odisseia.
Em contrapartida, e não podia ser tudo mau, a minha camisa de ganga ficou perfeita e é tão linda como parece ser na revista. É uma ganga mais fina, bons acabamentos e tamanho 36. Pensei que fosse ficar grande e ainda disse para comigo quando encomendava: "Se ficar para o largo também fica bonito."
Qual quê?! Por pouco não servia. Ando presa aos meus tempos de universidade onde o 34 imperava no meu guarda-roupa.

O Outono...

... chega e com ele tonalidades tão maravilhosas...

Já chegou

Já tenho o aviso para levantar a minha encomenda da La Redoute. A tão esperada forra de edredão e a minha camisa de ganga. A ver se na forra cabe o edredon e se a mim serve a camisa...

A caminho do trabalho

E os dias mantêm-se de céu azul, temperatura amena, sendo incompatível com o arranca/pára do trânsito. Saí de casa ainda não eram 8h, pude caminhar devagar e tirar fotografias.







Top Chef - seasson 1

Se há séries que gosto de ver sozinha, no silêncio do lar, estendida no sofá, outras há que se não forem vistas com B. não fazem tanto sentido. Gosto de debater com ele o que vamos vendo, saber a opinião dele, lançarmos palpites sobre o vencedor...
Já temos a série 1 toda gravada na Meo e a série 2 a gravar. Ontem começámos a maratona. Temos ainda muitos episódios para ver.

Uma simples fatia de Dan Cake

Ontem uma sopa e uma tosta foram suficientes para nos sentirmos satisfeitos ao jantar. Contudo, faltava qualquer coisa... B. vai à cozinha preparar um café para si e traz-nos duas fatias de Dan Cake a que não resisti fotografar...

A nossa relação é feita de tantos pormenores.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Regresso a casa

O regresso a casa será feito a pé, já sem a companhia de B., mas com a minha grande amiga Katie a cantar-me ao ouvido.

Mais uma prova de amor

Ao almoço com B. e coração de aluguer (já não é mas depois conto as novidades):
Sempre que nos juntamos os 3 falamos de amor, de relações, de amizades mais coloridas ou mais cinzentas, de provas de amor, de passados e futuros, do nosso presente. No contexto desta conversa, do ficarmos juntos até sermos muito velhinhos, vira-se B. para mim e diz:
B.: "Não arranjes tu dinheiro para um cadeira de rodas eléctrica a ver se te vou empurrar..."

Diz o meu amor que não é nas palavras que provamos amar alguém mas sim nas atitudes para com essa pessoa. Neste caso, podemos provar pelas palavras dele que não há amor maior que o nosso.

Somos blogoamigas (se existirem blogoamizades)

Sempre fui educada a partilhar. A minha mãe fomentava nos seus filhos essa característica, sempre que não fosse possível a dádiva definitiva.
Assim sendo, a partilha é para mim um facto tão natural como a pertença de algo a determinada pessoa. Aprendi que as coisas valem mais quando podem ser partilhadas com outras pessoas. Aprendi que o sentimento de partilha é algo que nos ajuda a sermos mais felizes.
Neste sentido, quando alguém faz um pedido de ajuda costumo responder. Se esse pedido de ajuda é simples e fácil, então faço-o sem qualquer dificuldade.
Uma blogoamiga fez um pedido, eu respondi, respeitando a nossa blogoamizade :)

Fotografia retirada do seu blog: http://kaipiroskas.blogspot.com/

A minha mãe

A minha mãe é uma força da natureza, um pilar na minha família. Encontra soluções para todos os problemas e diz que apenas a morte não tem remédio, tudo o resto tem sempre uma solução.
Ao longo da minha vida aprendi com ela a ser lutadora, pro-activa, positiva, sorridente, concentrar-me mais no que a vida nos traz de bom e minimizar o que traz de mau.
Isto para dizer que ao ver esta fotografia abaixo lembrei-me que a minha mãe fez o mesmo que a Meryl Streep. Quando fez 30 foi ao fotografo tirar uma série de fotografias. Uma espécie de eternizar uma passagem, não sei... No dia que fez 50 decidiu tirar fotografias no estúdio fotográfico, em poses semelhantes, com a mesma blusa e o mesmo colar que tinha usado aos 30. Vinte anos de diferença, mais uma ou outra ruga, os cabelos permanecem de um castanho quase preto sem conhecerem tinta, o sorriso mantem-se, os olhos transmitem mais sabedoria...

Começar o dia...

Hoje o despertar tocou às 7h10 como costume e depois às 7h15. Sentia a cabeça pesada, rosto colado à almofada e ao meu lado alguém que dormia em profundo sossego.
Pensei: "Hoje vou mais tarde... vou voltar a adormecer e apenas acordar quando tiver vontade." Sabia que não seria por muito mais tempo. Acho que não voltei a adormecer mas mantive os olhos fechados, sentido o macio da cama e dos lençois...
Levantei-me às 8h20, duche, roupa e saio porta fora de sapatos baixos para que pudesse ir calmamente até ao trabalho. Tive a companhia de B. e sobre nós um céu azul e um sol radioso. Sentia-me tão relaxada.
Às 9h15 estava a picar ponto. Ultimamente nunca tem sido depois das 8h30, havendo algumas vezes que chego pelas 8h. Hoje dei-me ao luxo de acordar quando me apeteceu, de caminhar até ao trabalho, de ir calma e serena para mais um dia de trabalho.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Ainda em arrumações

Se o outro dia dediquei 1 hora ao calçado, hoje dediquei 2 horas a cosmética e bijuteria.

Tinha todas as pulseiras numa caixa maior. Ficavam amontoadas e tinha dificuldade em visualizá-las. Com caixas baixas é possível arrumar desta forma. Tirei a ideia num outro blog que tinha um efeito visual bem mais bonito que este.

Aqui me arranjo todas as manhãs.

Menos um...

Eu não digo que andam todos a fugir... Mais semana menos semana estou na meia dúzia de seguidores...

A partilhar o que ouço...

... por ser tão linda a música, a letra, a intérprete, o vídeo... Tudo tão lindo e poderoso...

Resposta ao email

Olá H.P.,
convenceste-me. Marca tudo e obrigada pela oferta. Eu tiro uns dias de férias e depois trago-te um souvenir de lá. Ah, já deves ter da viagem que fizeste! Trago só para mim :)
Beijinhos
C.
 
Resta-me esperar a ver se pega...

És uma querida, H.P.

E recebo hoje na minha caixa de email uma mensagem da H.P. com o seguinte texto e anexos:

Alô C,

Aqui estão as fotos da Riviera Francesa, não são de Saint Tropez mas são do Mónaco, Cannes e Nice... Tens de lá ir.
Beijinhos




Fotos tiradas pela própria.

P.S. Até conseguia tirar uns dias de férias mas o resto? Como resolvíamos a questão financeira que está subjacente a uma viagem luxuosa como esta? Huummm.... ideias, minha querida H.P.?!
Este email em vez de servir de incentivo (acredito que o tenha feito com a melhor das intenções) pode bem atirar-me para o poço mais fundo da depressão. Não fosse eu uma pessoa de estrutura sólida já estava com o rosto lavado em lágrimas.