ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, 30 de março de 2012

Big foot


A amamentação para mim

A amamentação para mim, desde o primeiro dia, não foi fácil.
Quando estava grávida tinha tomado a decisão que ia fazer de tudo para que a minha filha pudesse ser alimentada com leite materno.
O primeiro mês foi complicado mas todos os percalços foram ultrapassados, as coisas tornaram-se mais fáceis e observar a minha princesa a mamar deixava-me derretida.
Passados quase 3 meses confesso que tenho momentos em que me apetece desistir... momentos em que acho que não vou aguentar por muito mais tempo.
A principal razão é que a Alice mama no máximo de 2h em 2h e, muitas vezes, de hora a hora. E isto tanto faz ser de dia como ser de noite. (Muito raros foram os momentos em que passaram 3 horas). Fazendo as contas, faz quase 3 meses que não durmo mais de 2 horas seguidas, fazendo intervalos de 1 hora entre elas. Acresce o facto de ela ficar no mínimo 20 minutos, havendo alturas em que passa dos 30 minutos, 40 minutos, tendo que a tirar do peito e de a ouvir chorar por isso.
Tenho consciência que ela não está esse tempo todo a beber leite. Tenho consciência que usa o mamilo como se fosse uma chucha, usando-o para seu conforto e segurança.
E isso desgasta-me. Desgasta-me acordar 3 e 4 vezes todas as noites. Desgasta-me o tempo todo que ela passa à mama.
As noites começam-me a assustar e fico sem vontade de ir para a cama dormir pois sei que passado 1 hora estarei a acordar e levarei toda a noite a pegar nela, alimentá-la, trocar fralda e colocá-la no berço.
Depois olho para o rosto da minha princesa e não consigo deixar de lhe dar aquilo que é melhor para ela. Penso que o farei pelo menos até ao final da licença.
Ajudaria se eu dormisse durante o dia... mas impossível. Quanto menos durmo mais eléctrica ando.
A amamentação para mim não é fácil mas existem momentos em que me sinto transbordar de tanto amor só de olhar a Alice junto do meu peito a mamar. Ainda não é desta que fico por aqui...

A fotografia não é minha mas podia ser pois é tão parecida com a imagem que muitas vezes tenho só de olhar um pouco mais para baixo do meu pescoço.

P.S. Agora compreendo tão bem como tantas mulheres optam pelo leite artificial. Sem fazer julgamentos e deixar as decisões com quem as toma, compreendo bem porque muitas as tomam...

Dos comentários

Sinto necessidade de manifestar publicamente a minha alegria em ler todos os comentários que por aqui deixam. Não consigo responder ou comentar todos eles. Na verdade, se antes já quase não o fazia, agora muito mais complicado se torna.
Isto não quer dizer que não os leia com agrado, muitas vezes de sorriso rasgado e feliz por saber que aqui passam e nos acompanham em todos os momentos partilhados.
Um obrigado a todas.
Deste lado, quase sempre em silêncio, leio e aceito cada um dos comentários com muita satisfação. Sabe bem saber que me "ouvem", todas as vezes que "falo".

Naomi Watts by Arthur Elgort, 2011

quinta-feira, 29 de março de 2012

New shoes...

Por cá andamos ainda de pés bem assentes ao chão. Nada de saltos...



Ainda por aqui...

Desde que me roubaram aquela hora parece que nunca mais tive tempo para aqui vir. Coincidência ou realidade, a verdade é que nunca tive tanto tempo ausente do blog. Nem quando fui para a maternidade ter a minha Nisca de Gente.
Não tem sido fácil mas retomaremos a normalidade hoje mesmo (achooo...).

Lara Stone - Vogue Turkey by Cuneyt Akeroglu, April 2012


sábado, 24 de março de 2012

Esta madrugada

Vão-nos roubar uma hora, assim, sem mais nem menos...


Há 33 anos

Há 33 anos atrás nascia alguém que viria mudar o meu mundo para sempre.
Há 33 anos atrás um novo elemento chegava e vinha transformar o duo num trio.
Há 33 anos atrás chegou alguém que todos os dias nos ensina a sermos melhores.
Há 33 anos atrás o meu mano mais novo nasceu e tornou a minha vida tão mais rica.

Falar bem dele é pouco, é pouco porque ele é muito mais do que eu possa dizê-lo... ele toca todos os corações daqueles que se cruzam no seu caminho e fá-lo com a maior naturalidade e sem perceber que o seu coração é maior do que de todos nós.

Falar bem dele é pouco, o mais justo é mesmo conhecê-lo e perceber que é tão fácil encontrá-lo de sorriso rasgado no rosto e de mão estendida mesmo antes de alguém pedir ajuda.


Sonhos cor-de-rosa

Missão quase impossível é...

... conseguir passar bem uma camisa. Quando chego à extremidade oposta à qual comecei a passar, o início já está quase todo amachucado.
Passei apenas 2 esta noite e já desisti. Prefiro ficar pelas toalhas, guardanapos, calças sem vincos e deixar camisas, folhos e pregas para o homem da casa que é bem mais jeitoso a manobrar o ferro.

Naomi Watts - Vanity Fair Italia by Ben Watts, May 2010 

sexta-feira, 23 de março de 2012

Dia de cabeleireiro

Não corto o meu cabelo desde Setembro. Imagina-se o ser vivo e rebelde que carrego todos os dias em cima da cabeça.
Em casa tento domesticá-lo apanhando-o todo no cimo da cabeça. Na rua depende da direcção do vento. Se tiver a favor vai à sua vontade, se tiver contra vai à minha vontade sem espaço sequer para respirar.
Tenho adiado mas vou hoje ao cabeleireiro. Ainda não sei se a princesa vai comigo ou vai com o pai dar umas voltas mas acho que se ela souber que fui a um lugar onde existem mais de um secador a trabalhar em modo non stop ela nunca me irá perdoar... acho que não consigo fazer tamanha crueldade com a minha filha.
O mais provável é que fique comigo no paraíso dos secadores de cabelo...

quarta-feira, 21 de março de 2012

PAN AM

Talvez mais do que o enredo, adoro o guarda-roupa retro da série. Adoro o corte justo ao corpo, as cores, os acessórios e a atenção dada ao pormenor, característico dos anos 60.
Usava a maioria hoje mesmo...








A precisar...

... de andar uns cms acima do solo... as coisas vistas de cima têm outro encanto.

Aldo 104€

Mango 39,99€

Pull&Bear 45,99€

Zara 29,95€

Zara 35,95€

Uterque 89,95€

terça-feira, 20 de março de 2012

Pronta antes de completar os 18 anos

A manta feita no final da gravidez, num tear minúsculo inglês, ficou pronta e contra todas as previsões de familiares e amigos, terminei antes da Nisca completar os 18 anos.




É Primavera

segunda-feira, 19 de março de 2012

sexta-feira, 16 de março de 2012

Eu tenho um tesouro

Um pequeno passo para uma maior liberdade

Acho que esperei tempo demais, cheguei a pensar que não me faria falta mas ontem mudei de opinião.
Depois de muito pensar e ponderar e de ouvir uma colega na aula de ginástica, decidi-me: comprei uma bomba eléctrica de tirar leite.
Sempre que a Alice ficar apenas por uma mama vou usar a bomba na outra mama e armazenar para quando formos a algum sítio que não dê para amamentar, quando for à aula de ginástica e não a levar, quando for trabalhar e não ter de passar para o leite artificial.
Foram 140€ que me custaram a dar mas acho que será rentabilizado pela não compra de latas de leite artificial.
Ontem já a usei e hoje também. E experimentei dar em biberão à Alice a ver se estranhava. Bebeu 60ml de um só fôlego, mesmo depois de já ter estado à mama. :)
Consegui tirar 110ml em 15 minutos. Não tenho noção nenhuma se é muito, se é pouco e quanto beberá ela se for apenas do biberão.
Estamos em território desconhecido para ambas. Espero ter tomado uma boa decisão...


Swing da Medela

segunda-feira, 12 de março de 2012

Estar de licença...

... e sentir que se precisa desesperadamente de férias!

A sério que admiro as mães de licença que têm tempo de se dedicar à culinária. Eu quase não tenho tempo para uma refeição calma sem interrupções.

A minha princesa  não fica acordada no berço sozinha.
A minha princesa não fica acordada na sua cadeirinha sozinha.
A minha princesa nunca fica menos de 30 minutos à mama.
A minha princesa quase nunca passa mais de 2 horas sem comer, contando do início que foi à mama da última vez, ou seja, de 1h a 1h30m.
A minha princesa quase nunca adormece sem a sua luta contra o sono e sem queixume ou choro.
A minha princesa muda umas 10 ou mais fraldas por dia.

Há alturas em que me sinto... quebrar...
Recupero forças quando sorri para mim e todo o cansaço parece nunca ter existido.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Novo almoço...

Descubra as semelhanças!





Dia Internacional da Mulher

Agora em maioria cá em casa.


quarta-feira, 7 de março de 2012

Google e...

... o dia Internacional da Mulher.

terça-feira, 6 de março de 2012

Pboy e Loverboy

Vieram para almoçar...


"Ai, Manuela!"


Eu e a Alice não bebemos.

Vídeo n.º1 do Youtube

Não sei se realmente é do vídeo ou coincidência mas o certo é que a Alice tem vindo a diminuir o tempo da sua birra de final do dia.
Este vídeo passa vezes sem conta quando vemos que o mal dela é sono... o certo é que tem adormecido mais rápido.
Neste momento é o som que passa...


segunda-feira, 5 de março de 2012

Comentar blogs

Actualmente comento muito menos do que comentava. O tempo começa a ser cronometrado e não chega para tudo, contudo, vou tentando acompanhar mais ou menos os meus favoritos. Umas vezes uma leitura mais atenta, outras vezes uma leitura mais na diagonal. De vez em quando um comentário ou outro.
No entanto, há algo quase pior que pisar m** no meio do passeio - a moderação de comentários.
Lanço uma campanha de sensibilização para a eliminação total da moderação de comentários. Viva os comentários livres de palavras sem sentido e turvas! Abaixo as palavras que devem ser reescritas deixando-nos os olhos em bico!

Selo de mãe

Agora também chegam até aqui selos relacionados com a maternidade. Ainda me custa acreditar... talvez se torne mais real quando ouvir uma voz de criança chamar-me: "Mãaaeee"

Não sei se sou mãe coruja ou não. Ainda não fui testada. Ela anda comigo para todo o lado, até para as aulas de ginástica. Isto de dar mama de 2h em 2h e às vezes menos não me dá muito espaço de manobra. Não consigo usar a bomba, por isso tem mesmo de andar a tiracolo. Não sei o que é deixá-la uma tarde inteira ou uma manhã ou uma noite com outra pessoa. Além disso mesmo que por 1 hora ou quase 2h ainda só ficou com o pai e em casa.

Selo oferecido por uma mãe coruja assumida, a Teresa.


Tenho que passá-lo a 10 blogs de mães corujas. Não sei se conheço tantas mas cá vai:

http://semporsete.blogspot.com/
http://40andfashionista.blogspot.com/
http://bombocadoamor.blogspot.com/
http://correndoomundodesaltos.blogspot.com/
http://www.eutueosmeussapatos.com/
http://www.hojevoucasarassim.com/
http://kaipiroskas.blogspot.com
http://sonhandosermae.blogspot.com/
http://mariamariquitas.blogspot.com/
http://ela-maedeum.blogspot.com/

Este selo não exige mais nada nem tem perguntas ;)

Cá em casa

Dois dormem...
e um aproveita para resolver problemas de trabalho.
Uma distribuição injusta de tarefas!

Faz 4 anos

Que mudei....
Mudei por fora e mudei por dentro...
Faz 4 anos que cheguei após uma longa caminhada e espera...

Mãe

A minha mãe faz 61 anos.
Hoje compreendo-a muito melhor do que quando fez 60 anos, ou 59, ou 58. Hoje sinto as suas preocupações para com os filhos de uma forma diferente, mais sentida. 
Ela é uma pessoa cheia de força, positiva para quem os problemas têm sempre uma solução.
Hoje sou parte dela, do que me transmitiu, do que me ensinou.
Se um dia passar parte desses ensinamentos à minha filha, se passar essa atitude positiva perante a vida, a força de viver e de vencer, vou sentir uma mãe bem mais feliz e realizada.

Jennifer Lawrence - Glamour UK by Simon Emmett, April 2012