ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, 30 de março de 2012

A amamentação para mim

A amamentação para mim, desde o primeiro dia, não foi fácil.
Quando estava grávida tinha tomado a decisão que ia fazer de tudo para que a minha filha pudesse ser alimentada com leite materno.
O primeiro mês foi complicado mas todos os percalços foram ultrapassados, as coisas tornaram-se mais fáceis e observar a minha princesa a mamar deixava-me derretida.
Passados quase 3 meses confesso que tenho momentos em que me apetece desistir... momentos em que acho que não vou aguentar por muito mais tempo.
A principal razão é que a Alice mama no máximo de 2h em 2h e, muitas vezes, de hora a hora. E isto tanto faz ser de dia como ser de noite. (Muito raros foram os momentos em que passaram 3 horas). Fazendo as contas, faz quase 3 meses que não durmo mais de 2 horas seguidas, fazendo intervalos de 1 hora entre elas. Acresce o facto de ela ficar no mínimo 20 minutos, havendo alturas em que passa dos 30 minutos, 40 minutos, tendo que a tirar do peito e de a ouvir chorar por isso.
Tenho consciência que ela não está esse tempo todo a beber leite. Tenho consciência que usa o mamilo como se fosse uma chucha, usando-o para seu conforto e segurança.
E isso desgasta-me. Desgasta-me acordar 3 e 4 vezes todas as noites. Desgasta-me o tempo todo que ela passa à mama.
As noites começam-me a assustar e fico sem vontade de ir para a cama dormir pois sei que passado 1 hora estarei a acordar e levarei toda a noite a pegar nela, alimentá-la, trocar fralda e colocá-la no berço.
Depois olho para o rosto da minha princesa e não consigo deixar de lhe dar aquilo que é melhor para ela. Penso que o farei pelo menos até ao final da licença.
Ajudaria se eu dormisse durante o dia... mas impossível. Quanto menos durmo mais eléctrica ando.
A amamentação para mim não é fácil mas existem momentos em que me sinto transbordar de tanto amor só de olhar a Alice junto do meu peito a mamar. Ainda não é desta que fico por aqui...

A fotografia não é minha mas podia ser pois é tão parecida com a imagem que muitas vezes tenho só de olhar um pouco mais para baixo do meu pescoço.

P.S. Agora compreendo tão bem como tantas mulheres optam pelo leite artificial. Sem fazer julgamentos e deixar as decisões com quem as toma, compreendo bem porque muitas as tomam...

12 comentários:

Kaipiroska disse...

Também decidi dar de mamar. Veremos como correrão as coisas por estes lados...

Dreia disse...

Verás que ganharás mais tempo com a introdução dos sólidos. Mas não te iludas se ela acorda-te de noite, vai continuar a acordar com os solidos. O meu quase com 11 meses acorda 1, duas e até 3 vezes por noite.
Há bebés assim, dormem a noite toda desde os 15 dias e vida, outros demoram até aos 2 anos e nada tem a ver com o L.M.
Com os solidos ganhas mais um tempinho sem a mamoca ao ar!
Está quase, mais 2 mesinhos e pouco e começas com os solidos!

L.L. disse...

CS, não dei praticamente de mamar a nenhum dos meus 3 filhos: ao primeiro dei talvez durante 2 meses, ao segundo durante um mês e ao terceiro durante cerca de 2/3 semanas. Eles também eram tal e qual como a tua (nem um intervalod e uma hora faziam), e para mim também foi superdifícil todo o processo, com muiats gretas e tudo isso, e ainda com a agravante de que desde a primeira semana tive de dar suplemento, porque a mama por si só não era, nem de longe, nem de perto, suficicente para eles (grandes comilões que eram. A determinada altura, quando os punha ao peito choravam que nem desalmados, de desespero, acho, por não se sentirem satisfeitos com a mama. Assim, deixei de dar de mamar muito cedo a qualquer um deles e nunca me senti pior mãe por isso. Também não me parece que a eles isso lhes tenha causado algum problema. Mas, cada mãe só pode decidir por si, nisso, como em tantos outros aspetos da educação dos filhos. Beijinhos e forças para esta etapa que nem sempre é tão cor-de-rosa como às vezes se pensa.

Anónimo disse...

alo cs
como eu te compreendo! Nós temos que fazer tudo por eles, mas também, quando já começa a ser um sacríficio a amamentação para mãe, talvez não fosse má ideia ires intercalando com um biberão. pk se tu não estás bem, ela tb não... E como estás cansada e ansiosa pode ser k transmitas isso a ela...Não é o fim do mundo deixares de amamentar ou arranjares outra solução não vais deixar de ser uma excelente mãe e não precisas de te recriminares por isso...
Eu tb tive que tomar essa decisão, o L. mamava muito, chorava muito e tinha muitas cólicas e estava de rastos... afinal era devido ao meu leite e eu aguentei até aos 4 meses. Depois ele ficou mais calmo eu tb....
bjos
giovanna

Anónimo disse...

Olá
Tenho um bebé de 6 meses que, apesar de já comer sopa e papa, continua a preferir, de longe, o meu leite. No Natal, tinha ele 3 meses, eu achei que ia endoidecer. A sensação que tinha é que andava sempre de mamas ao léu e, ainda por cima, comecei a emagrecer consideravelme, o que também não ajudou. As noites ainda pioraram mais depois de eu começar a trabalhar, tinha ele 4 meses. às vezes, acordava de hora a hora. Há quem diga que era para compensar a falta da mãe durante o dia e, por isso, procurava o aconchego. Ainda hoje, e apesar de durante o dia estar muito mais disciplinado, as noites são terríveis. esta noite acordou 4 vezes e, confesso, ultimamente tenho pensado em começar a dar leite da lata, mas na hora de o comprar perco a coragem. Mas tenho consciência que, a continuar assim, vai ter que ser, por nós dois. Ainda por cima ele odeia chucha e biberão.é um dia de cada vez.
Coragem e acredita que, pelo menos os dias melhoram quando ela começar a comer.
Paula

Anónimo disse...

Não é fácil, mas depois melhora acredita. Uma das coisas que fiz (recomendado pela pediatra) foi começar a fazer com k ela aguentasse pelo menos as três horas (altura k lhe ponha a xuxa e dava colinho para chegar á hora certa para comer) e assim ela começou a aguentar e as noites foram melhorando. Amamento há um ano e é muito gratificante. Força e beijinho vai tudo correr bem (nós mulheres temos forças k nem sabemos k existem)

Anónimo disse...

Olá Boa Noite.Não pude deixar de ler o seu post e nao comentar, amamentei minha pipoca ate aos 3 meses e 1/2 mas foi atraves da bomba porque ela nunca quis pegar no peito, mas digo que talvez tenho sido melhor, quando estava perto de xegar a hora de beber tirava o leite e paxado 3 horas faxia o mesmo smp axim, era o melhor na minha opiniao claro...deixei de dar porque ela começou a mamar 180 ml e ja n tava a sair suficiente, assim com a bomba tavamos a ver quanto bebe. Pra mim foi a melhor coisa ter tirado com bomba...tambem tive sorte porque ela desde as 5 semaninhas começou a dormir toda a noite...porque é que à noite nao das leite artificial? Boa sorte para esta "luta".
Gosto muito do seu blogue :))

Dreia disse...

CS estive a ler os comentários e já tentei elaborar este comentário inúmeras vezes de forma a não causar nenhum discussão. Mas resumindo:

- As opinioes dos pediatras e enfermeiras cá para mim só são validas se estes também amamentaram. é inegável a existência de tamanha descrença na nossa população relativamente ao L.M. e estes profissionais de saude não são diferentes, não é por terem lido mais um livro ou outro que serão capazes de orientar uma mãe que amamenta.

- Do meu circulo de amizades, o meu filho que come tudo o que tem direito, ainda acorda de noite, enquanto outros amiguinhos já dormem a noite toda desde o 1º mês e vida sem beberem L.A.
O natural é os bebés acordarem, por mais que nos custe é assim que funciona.

- Concordo com o que uma mãe disse: se amamentar é um sacrificio, mais vale deixar. No entanto se amamentar é um desejo, não intercales a maminha com L.A. é meio caminho andado para secares.

- Aconselho (que tb fiz) e se precisas de uma noite para descansares, durante o dia tira o teu leite, e pede ao marido de quando ela acordar seja ele a dar-lhe o biberão, assim recuperas num ápice.

- Desde os 2 meses, que o meu bebé não faz coco durante a noite, logo não lhe mudo a fralda, não lhe mudes também, assim não lhe despertas :)

Espero ter ajudado Cs e todas as mamãs beijinhos

CS disse...

Obrigada a todas as que fizeram comentários.
Continuo com o leite materno e pretendo continuar por mais uns tempos.
Há momentos que me custam ou que estou mais cansada mas ainda não suficiente para me fazer desistir ou para se tornar insuportável ou desagradável.
Vamos ver daqui a uns tempos... :)

Kaipiroska disse...

Perguntinha mais pessoal CS - estás a usar mamilos de silicone? se sim, que tal? estou a pensar comprar. Se não, que tal está a tua pele no mamilo? Usas algum creme?

Podes responder no Kaipi que não aceito, pois são perguntas mais íntimas.

Obrigada :)

Mãe de gémeos disse...

Embora não tenha amamentado os meus gémeos por causa de medicação que tive que fazer após o parto, sei que é muito cansativo o não dormir de noite, o não descansar,no meu caso eu dormia 2 a 3 horas/noite até eles terem dois meses e meio e claro sem descansar durante o dia. Um conselho que te dou é tirares com a bomba para lhe dares com o biberão afim de ela se habituar para depois teres noites mais descansadas porque ir trabalhar muitas noites sem dormir é complicado.Depois de acabar a licença e após de 2 noites mal dormidas adormeci ao volante.

Elix disse...

Olha, eu também dei de mamar durante alguns meses... o inicio não foi muito difícil, tive algumas dores mas vendo hoje nem parece nada... mas durante todo o tempo que amamentei senti essa salada russa de sentimentos: ora estava felicíssima por dar o melhor leite do mundo á minha filha, ora pensava e entendia quem dava suplemento porque seria mais fácil para mim e para ela... umas vezes pensava uma coisa, outras outra e assim andava até que não deu mais, não havia mais! Mas digo-te é das melhores sensações do mundo que vai acabar, por isso vai aproveitando e desfrutando enquanto for possível para ti e para ela, se achares que chega... então é hora de parar, ela vai crescer á mesma saudável e linda! ;D