ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

terça-feira, 31 de agosto de 2010

31 de Agosto de 2010

Aos 31 dias do mês de Agosto do ano de 2010 depois de Cristo, nasceu uma linda menina de seu nome Margarida, com 3 660 gramas. O meu coração está maior, mais cheio de amor e felicidade, pois a minha prima Mada, a grávida que tantas vezes apareceu neste blog, deu à luz.
Espero que amanhã já as possa visitar...

E já está...

... quase 4 horas depois dei por concluída a minha tarefa, a minha promessa de "um dia venho aqui e organizo isto tudo e salvo a família que vive refugiada no teu guarda-roupa sem tu saberes".
O momento mais difícil foi, sem dúvida, a gaveta das meias. Deixada para o final, estava a ver as minhas forças ficarem pelas dezenas de meias sem par. Consegui! Consegui ainda convencer a dar parte da roupa, camisas e calças que não vestia, que não se lembrava que existiam ou que nunca tinha vestido.

ANTES

















DEPOIS



















E ainda as 6 gavetas que se vê abaixo: 2 para pijamas, 1 para acessórios de inverno, 1 para calções, 1 para meias e 1 para boxers.

Quase Milagre

E se, por quase milagre, as milhares de pessoas (destas só preciso de 3500 pessoas) doasse 1€ à dona deste blog para que ela pudesse fazer a pós-graduação...
E se, por quase milagre, estas 3500 pessoas chegassem à conclusão que iam ganhar (e muito) com o meu regresso à Universidade, uma vez que este blog se transformaria em algo intelectualmente mais estimulante, talvez com recurso a palavras mais caras (mas a custo zero para todos vós)...
E se, por quase milagre, estas 3500 pessoas se apercebessem que as suas vidas seriam mais ricas e mais plenas com a leitura de um blog menos fútil e desequilibrado, com novas características saídas da mais doirada enciclopédia...
E se, por quase milagre, de uma forma ou de outra, em Outubro estivesse eu sentada numa secretária de uma sala qualquer a aprender mais... a alargar os meus horizontes por terras menos stylish mas igualmente estimulantes...
E se, por quase milagre, tudo isto fosse possível...

I Wish

Primeiro vou-me inscrever e depois vou jogar no Euromilhões. Pode ser que saia alguma coisa que pague as propinas. Se não sair nada passo para o Plano B - rezar. Afinal, já tantos milagres se derão, quem sabe não mereço um (é porque precisar, preciso muito).

Incompreendida

Conversa no messenger, uma vez que se aproxima a hora de almoço:

B. Que te apetece comer?
Eu: oh amor, com este dente... eu sei lá...
B: mor com esse dente ontem comeste batata frita
Eu: tava deprimida
B.: meio pacote
Eu: mentira! sabes k aquilo vem meio vazio...
B.: lol... ou meio cheio
Eu: bem vazio... é um roubo
B: lol. Ervilhas com cogumelos?
Eu: pode ser. E ovo.

Foram meia dúzia de batatas fritas porque me sentia aborrecida, triste, chateada com o meu médico e estava sozinha em casa a ver "Brothers & Sisters". E mastiguei com extremo cuidado e para o lado que não interferia com o dente que precisa de uma intervenção urgente.

Nem sempre...


Às vezes é mesmo a conclusão que custa, o terminar algo que nos parece longo demais, ver a meta de um projecto que já levou as nossas forças quase todas....

As noites...

... têm sido pouco agradáveis... com acordar constante e frequente que me leva a pensar naquilo que me preocupa... depois o retomar o sono é mais longo que o normal... e têm sido assim... as noites.
Volto ao médico, o mais tardar, na segunda-feira. Consulta de manhã e consulta da tarde na bela Lisboa. Espero aguentar até lá... se pudesse ia já hoje. Tenho saudades de dormir a noite toda...

Final da tarde

Hoje ao final da tarde tenho uma missão "quase" impossível, para o comuns dos mortais, pois, para mim, é uma missão difícil mas concretizável. Será semelhante ao que fiz em casa da minha prima Mari, mas numa outra casa, de uma outra pessoa que necessita urgentemente de uma intervenção minha.
Se tiver autorização dessa pessoa (o que tenho sérias dúvidas) coloco fotos do antes e do depois.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Gostava de ter 10...

... 10 pares de bons jeans, não como os 10 ou mais pares que tenho em que apenas 2 ou 3 ficam bem, 2 ou 3 já não gosto e 2 ou 3 ainda estão por dar...

Gostava de ter 50...

... uns 50 pares de calças de tecido, umas de verão outras de inverno...

Gostava de ter 100...

... 100 vestidos, engomados e pendurados no meu closet. Todos lindos, ansiosos por serem levados a passear ou trabalhar. E não me importava nada de andar 100 dias seguidos de vestido...

Hora de entrada

A hora de entrar ao serviço não depende muito da hora que me levanto, se tomei duche à noite ou de manhã, se tomo o pequeno-almoço em casa ou na rua, se vou a pé ou de carro. A hora de entrar ao serviço está directamente relacionado com o tempo que levo a escolher a roupa de manhã. Não consigo deixar pensada no dia anterior, não consigo sequer decidir enquanto estou debaixo do chuveiro. Às vezes levo 3 minutos a escolher e decidir, outras vezes posso levar quase meia-hora. Em qualquer dos casos penso sempre: "Não tenho nada de jeito para vestir. Ai se tivesse dinheiro..."


domingo, 29 de agosto de 2010

Domingo

Quando se trabalha numa sexta e sábado à noite, os domingos têm outro sabor e deixam de ser dias chatos. Eu hoje adorei o meu domingo de preguiça, passado ao lado de B. e tendo a visita de dois amigos.

Será que me define?

De alguém que me conhece muito bem, de alguém que diz que esta música parece ter sido feita a pensar em mim... é, sem dúvida, uma música bonita, se me define? talvez eu não tenha bem "a shape of a cigarette" mas posso muito bem ser  "the colour of a magazine" e I'm in Fashion.





Obrigada, Piri!

Quando um simples almoço vale mais do que um jantar em restaurante de estrela Michelin

Domingo, céu azul, um acordar lento e preguiçoso... andar pela casa descontraidamente...não termos horas nem  compromissos para a hora de almoço... decidirmos comer na varanda como se fosse num terraço do arranha-céus em New York... comermos sopa de tomate com ovo escalfado como se fosse um creme de tomatoes with eggs, tostinhas de queijo de ovelha mergulhados na sopa, vinho tinto, 2 cafés e umas tostas com doce de amora caseiro (autoria da Chef Mari)...
Conversámos e discutimos porque ele diz que eu não entendo quando dizemos o mesmo por palavras diferentes... e depois rimos e ele diz que a minha prima é uma avariada quando lhe leio a nossa troca de sms...
E este foi um simples almoço, de conversas simples e despreocupadas como se estivéssemos no melhor restaurante do mundo, com a melhor comida, tendo conversas sérias e profundas e pago uma conta maior que o nosso ordenado mensal.

Nem tudo o que parece é...

... parece ser um simples frasco de azeitonas pretas da marca continente, parece que gosto de marcas brancas, parece que adoro azeitonas pretas... mas nada disso, é muito mais que isso!
É um frasco de doce de amora caseiro feito pela crazy da minha prima Mari. Está delicioso! Maravilhoso! Queremos mais!

Regresso a Sizalinda

Regresso a Sizalinda, baseada no romance Fala-me de África de Carlos Vaz Ferraz. A acção da trama decorre entre os anos de 1960 e a actualidade, com lugar em Portugal e em Angola. Para além do enredo, a série ilustra a vida dos retornados, que com o eclodir da Guerra Colonial e posteriormente com a guerra civil em Angola, se viram obrigados a regressar a Portugal. 
O Regresso a Sizalinda conta a história de uma família angolana, que vive numa fazenda no Sul de Angola, perto de Benguela, e que se vai cruzar com uma outra família que está em Lisboa” contou o autor da história, que terá no elenco nomes como João Lagarto, Rogério Samora, Virgílio Castelo, Joana Seixas, Patrícia Bull e Raul do Rosário.
Passa na RTP1 aos sábados e domingos. Eu vou vendo quando posso, as gravações feitas pela MEO. Tem actores de grande qualidade e outros muito fracos, tão fracos que me esqueço que assisto a uma história e só me dá vontade de rir de tão fraca actuação.





Descoberta

Acabei de descobrir que o nosso quadro de luz não aguenta com a máquina de lavar e com o potente ferro a vapor ao mesmo tempo... Foi tudo ao ar. Tivemos de fazer opções: desliga-se a máquina de lavar roupa!


sábado, 28 de agosto de 2010

As pessoas...

Há pessoas que nos estão cravadas na pele...
Há pessoas que fazem tão parte do nosso ser que até nos assustam...
Há pessoas que conhecemos desde sempre...
Há pessoas que nos aceitam mesmo conhecendo os nossos defeitos...
Há pessoas que nos adoram, tanto quanto as adoramos...
Há pessoas que vivem no nosso coração, dia e noite, todos os dias do ano, sem excepção para feriados e dias santos...
Há pessoas que nos fazem tão felizes...

Eu tenho essas pessoas na minha vida, pessoas que não são filhos do meu pai e da minha mãe mas que podiam ser... pessoas que vivem na minha vida tão intensamente que não a consigo imaginar sem elas...

Há pessoas, outras pessoas, mas vou referir apenas duas...
duas pessoas que me acompanham desde sempre, e com as quais sinto fazermos parte de um triângulo perfeito, cheio de doces imperfeições...
E porque parece que andam nostálgicos, falando de momentos felizes, de lugares felizes e coisas que nos fazem felizes, não pude deixar de dizer que sempre que penso neles, penso em coisas felizes e dá-me vontade de sorrir...





















Ela, Eu e Piriing.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Perguntas difíceis

A minha princesa veio-me visitar. Veio ter comigo encher-me de beijos e abraços e fazer-me rir. Veio escrever aquilo que mais fala e veio fazer perguntas difíceis.
Depois de letras escritas em papéis brancos enquanto eu continuava a trabalhar ela vira-se para mim e pergunta:
"Eu vi o avô no seu gabinete (o meu pai trabalha comigo) e ele atende telefones e fala com muitas pessoas. E tu? Qual é o objectivo do teu trabalho?"

Numa sexta-feira da tarde, ouvir uma pergunta destas e tentar explicar a uma miúda de 7 anos... tentei explicar sem complicações de maior. Não sei se consegui. Ela apenas respondeu com "Ahhh" sonoro e depois: "Vou ter com o avô outra vez!"... huummm... será motivo de preocupação a relação entre a minha explicação e a partida dela?

Já não quer saber de Barbies. Diz que é uma pré-adolescente e por isso gosta de Hannah Montana, Jonas Brothers e outros que não retive.

As minhas novelas

As minhas novelas do momento são:





Quando terminar será esta desde o primeiro episódio da primeira série.

Agora só quero tempo para ver tudo, isto porque à medida que os dias vão escurecendo mais cedo e ficando mais frios, as minhas pálpebras vão ficando mais pesadas mais cedo e o sono chega a horas incompatíveis com a visualização de 4 ou 5 episódios seguidos.

Energia Positiva

Tenho uma amiga que necessita de toda a energia positiva deste mundo e de mais um ou outro mundo... talvez tenha mais amigas a necessitar... talvez até eu ficasse bem melhor com alguma energia boa extra... mas, neste momento, vai tudo para uma bem especial que vê a sua vida sacudida e com algumas pedras no caminho.
Acredito que tudo correrá pelo melhor.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

To B.

Se amanhã fosse uma sexta-feira em grande...

Último dia da semana e eu com um vestido que me deixasse bem feliz :)

Um dia que possa...

... comprar 4 malas de qualidade, com bons acabamentos e material duradoiro, desfaço-me de todas as minhas malas que enchem o closet e guarda-fatos. Precisava apenas de uma branca, uma preta, uma castanha e uma vermelha, nem mais nem menos. As seguintes seriam as escolhas acertadas, modelos intemporais.


FENDI


MULBERRY


VALEXTRA


Ficaria com elas anos e anos sem fim e resistiria a todos os modelos da Parfois e Zara que a cada estação tentam-nos com preços tão baixos e depois andamos atoladas de malas, transferido os nossos bens de primeira necessidade, de mala para mala consoante o outfit. Quero apenas estas 4.

Não consigo...

... sempre que os calço penso, "Esta é a última vez. Tenho que os deitar fora..." mas depois não consigo.
Já estão tão velhinhos, sendo quase uma vergonha andar com eles mas o que se faz quando se criou uma relação de mais de 5 anos? Deita-se fora quando se nada tivesse acontecido? Como se não tivessemos feito kms juntos? Como se não tivessemos ido a tanto lado sem nunca nos magoarmos?
Ainda não consigo...

Os meus sapatinhos doirados da Zara. Tanto que já vivemos juntos...

Por causa do céu azul...

... não fico no trabalho mais meia hora ou uma hora. Vou sair à hora certa, mal bater as 16h30, corro porta fora e vou tentar aproveitar toda a claridade que faz lá fora. Quero ficar vesga de tanto sol a bater nos olhos, quero sentir o sol nos braços, quero respirar ar e não sentir o burburim dos computadores. Só faltam 3 horas!

Boletim Metereológico

Se o meu estado de espírito retratasse o dia que se faz sentir por aqui eu era, sem qualquer sombra de dúvidas, a mulher mais feliz do mundo. Mas que dia magnífico...


Mercado da Graça





Passou-se noutro país, com pessoas desconhecidas...

Um casal apaixonado, decide preparar jantar para eles e um casal amigo, com a falta de outro casal por motivo de indisposição. Passam no hiper mais próximo de sua casa e compram os mantimentos necessários. Ameijoas seria a principal iguaria.
Ao passarem junto à massa folhada (outro produto necessário para o jantar), o elemento feminino do casal vira-se e diz: "Olha, amor, está em promoção. Vamos aproveitar e experimentar esta massa preparada de bolo de laranja!"
Ele: "Isso não deve valer nada!"
Ela: "Não sejas assim. Está a pouco mais de 1 euro. Vou levar!"
Chegam a casa, ele parte duas garrafas de vinho (mas isto não é chamado para o caso) e iniciam juntos, felizes com eles e com o mundo, a preparação do jantar.
Ela tratou da preparação dos alimentos e colocou a mesa, ele preparou todo o jantar.

Sangria de vinho verde
Folhado de cogumelos
Folhado de atum
Ameijoas

A sobremesa foi o magnífico bolo adquirido por ela. Foi ao forno num tabuleiro, supostamente esteve apenas o tempo indicado na embalagem (35 minutos) mas o resultado foi um chamado "BOLO-BISCOITO".
Houve acusações de parte a parte sobre o resultado final.

Ele: "Já viste a porcaria que isto ficou. Pões-te a comprar estas coisas e dá nisto."
Ela: "Olha, se calhar não ficou o tempo certo? Se calhar é uma especialidade tua fazer bolo biscoito. Se calhar..."
Ele: "Não, a culpa é toda tua. Fiz tudo certo..."
Ela: "Desculpa... foste tu que fizeste..."

É preciso referir que a grávida presente no jantar adorou. Ela atravessa uma fase em que até a erva daninha ia se levasse um pouco de balsâmico por cima.




Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência. Perigo: Não tentem imitar isto em casa. Já se viu casais apaixonados se separarem por menos.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Faz de conta que está um lindo dia de sol...



Vejo o vídeo mais uma vez e vou já colocar moche no meu TMN... convence mesmo os utilizadores de outras redes...

Tempo depressivo

O dia começar com chuva é uma manifestação metereológica da qual não tinha saudades nenhumas... Estive à espera que a chuva diminuisse de intensidade para vir trabalhar... e não é que ela diminuiu mesmo?! Já que chovia, que continuasse a chover, coisa para não conseguir colocar os pés fora de casa. O sofá seria o substituto da minha secretária e a TV do meu PC.
Depois admiram-se que a Depressão seja a doença do século.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

To B.

Feliz aniversário

Para quem adora perdidamente fazer anos e quase, em contagem decrescente, vai assinalando e lembrando a todos que o acontecimento está para breve... Chegou o dia, em plenas férias, quem desejaria mais...
Parabéns, e bem vinda ao clube 3(0).

O meu presente de aniversário para a descontraída e estilosa Kaipiroska.

Os anjos também pecam

Dia de festa, procissão saiu à rua, primas vestidas de anjos desfilam por caminhos de flores. Visita à casa da minha madrinha quando, às duas por três, já eu e a minha prima Mari estamos com asas de anjos nas costas a tirar fotos, a imitar voos planados, a fazer poses angelicais para o momento Kodak quando... ZÁS... a jarra de cristal da minha madrinha voou até ao chão e não mais se levantou, transformando-se em mil jarrinhas de cristal sem utilidade alguma.
Madrinha reclama: "Suas descabeçadas sem juízo nenhum, a minha jarra de cristal!"
Eu: "Madrinha, era mesmo cristal verdadeiro ou vidro dos chineses?"
Madrinha: "Claro que era cristal verdadeiro!"
Eu: "Mari, foram as minhas ou as tuas asas que partiram a jarra?"
Mari: "Foram as minhas!"
Eu: "Oh, que porreiro! Já pensava que tinha que comprar uma jarra. Tu és filha, desenrasca-te com ela!"
Eu: "Madrinha, vou-me embora! Vou voar daqui para fora porque o Reino dos Céus já chamou por mim..."

É fácil saber...

... quando os meus sobrinhos passaram a tarde em casa dos meus pais...

Festa de Nossa Senhora da Saúde

Procissão na rua, flores no caminho, sorrisos e muita conversa, família, muita família. Adoro estes dias em que estamos juntos...