ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Tolerância no Carnaval

Afinal o Governo dos Açores também concedeu tolerância a todos os funcionários públicos e a Câmara Municipal de Ponta Delgada também e tantas outras câmaras por esse país fora.
Será que apenas o nosso Primeiro Ministro vai trabalhar na terça-feira de Carnaval?


P.S. Pelos vistos o meu post sobre a Madeira ofendeu os madeirenses (e talvez não só) que por aqui passam. Caros ilhéus (sendo eu também uma mas de outro arquipélago), longe ter sido essa a minha intenção. Nem quero entrar por vias políticas mas uma coisa é certa, a dívida madeirense está à vista. Não é culpa dos madeirenses mas é culpa de quem os governa. Também sabemos que o resto do país não está melhor mas as atitudes de uns e outros são bem conhecidas. Nos Açores também temos dívida, apesar de representar a fatia bem mais pequena e sermos 9 ilhas o que representa um investimento acrescido.
Talvez não tenha sido feliz no meu post... nada contra os madeirenses, apesar de não conseguir ouvir a falta de decoro e educação todas as vezes que o seu governante abre a boca.
Caso encerrado da minha parte...

6 comentários:

Anónimo disse...

chá verde
Se ofende o Presidente que tanto fez pelos madeirenses, está a ofende-los também.Então os Madeirenses não podem ter fins de semana completos, nem divertir-se?
Tinha uma atenção especial e respeito pelo seu blog, mas hoje decepcionou-me... e muito!
Eu gostava tanto de cá passar...mas ...:(
´
Catarina

Jordão disse...

"Não é culpa dos madeirenses"?! Então quem é que votou no Jardim?!

CoriscaRuim disse...

Eu fiquei tão triste pelo Cárlins ter dado tolerância...Eu queria mesmo ir fazer um baile para a escola e uma guerra de balões de água da varanda da sala dos professores :(

Quanto às dívidas, eu também estou pagando as do continente, as da madeira e as de toda a gente, fora as minhas. De todas elas, só usufruo das minhas...Vamos fazer uma guerra agora? :p

E antes que possa haver mal interpretações, estou a ser tãoooooo irónica quanto à guerra...

Flutuações da mente disse...

Maravilhosa :-)))))))))))))

rubenval disse...

Todos merecem uma tolerância de ponto no Carnaval... Uns mais outros menos :)
Aproveito para fazer Publicidade ao Carnaval da minha terra em:
http://ifonix.blogspot.com/2012/02/dancas-e-bailinhos-de-carnaval-online.html
Que pelo que vejo depreendo do blogue fica bem perto da sua.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Faço copy/paste do post "insólito". Visto a discussão ter sido ampliada a este post.
É com interesse que leio este post, bem como todos os comentários que gerou, não tenho por hábito comentar neste blog, no entanto os argumentos aqui colocados para defender uma figura politicamente educada, cordial e acima de tudo profissionalmente competente, são de todo insólitos, não falo dos "spots publicitários" da Yorn, nem os adjectivos que uso para o Sr. Presidente do Governo Regional da Madeira são sinceros e aplicáveis. O regionalismo no nosso país é de fazer chorar, sim porque já não consigo rir mais, será que só nos sentimos tocados e ultrajados quando alguém que não tem na opinião publica relevância faz um comentário? Gostava de ver tanta veemência e impetuosidade na defesa do que é nosso em outros locais, deixando como sugestão o momento de votar. Relativamente ao Carnaval, porque não trabalhar? Bem se é porque se trata de uma data em que os turistas visitam os nossos "Sambódromos", não deveríamos nós estar a trabalhar, para que eles não encontrem museus, bibliotecas, restaurantes, cafés, repartições publicas bem como outros locais turísticos fechados? Ou a definição de turista mudou com o novo acordo ortográfico? Será que os funcionários públicos locais é que são os turistas de que tanto se fala? Agora o buraco financeiro... isto dava pano para mangas... claro está, que não há nem deveria haver nenhum português que possa apontar o dedo a ninguém, mas daí a querer defender o indefensável, senhoras/es coerência precisa-se. Talvez se começarmos todos a falar do mal da Grécia, os mercados aceitem negociar com Portugal e as agências de rating subam Portugal para o nível AAA+.
Portugueses, Madeirenses e Açorianos (sim porque por vezes penso que são três nações diferente), bom seria que no Carnaval todos pudéssemos trabalhar, nem que fosse pelo motivo de poder ganhar dinheiro...