ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Espero não vir a recorrer a ansiolíticos

A estrela lá de casa, refiro-me à mais pequena ;), rapidamente revela-se ansiosa (segundo ela) por tudo e por nada. Talvez goste da palavra que faz uma espécie de assobio na boca... todos os dias, em situações diferentes lá sai um: "... estou ansiosa..."

Vamos lá a um ponto de situação:
1. "Ah, mãe, estou ansiosa por ver mais um episódio do Patrulha Pata"
2. "Ah, estou tão ansiosa por lanchar contigo."
3. "Estou ansiosa que o pai chegue a casa para ver a minha casa de legos."
4. "Estou ansiosa que o manito acorde para ver aquela carinha fofinha e linda."
5. "Aiii... estou tão ansiosa para ir à casa da Nina." (quando se lembra da sua amiga e mesmo sem nada combinado)


De repente, é o que me lembro mas há mais, muito mais...

 Saímos as duas no dia das Montras.
Dava-me a mão e a sorrir dizia-me: "Mãe, estou tão feliz aqui contigo!"
De uma coisa não posso reclamar. Ela sempre diz o que sente e muitas vezes me diz que está feliz, tantas outras me diz que está triste ou zangada comigo.

4 comentários:

Jardim de Chuva Prateada disse...

Isso é muito bom, uma criança dizer/ expressar o que sente. É sinal, que está tudo tranquilo :) Um beijinho.

Purpurina disse...

Acho que é só excitação saudável de criança. ;)

Moa disse...

Não percebo a panca delas pela patrulha pata :) aqui é igual!

A Pimenta* disse...

É importante que ela consiga e saiba exprimir o que sente. Tenho um sobrinho que com 12 anos é difícil arrancar-lhe seja o que for. Parece um muro intransponível no que refere a sentimentos.