ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

O que é do outro torna-se meu...

Às vezes sinto-me uma esponja que absorve os sentimentos, preocupações, alegrias e tristezas dos que me são mais queridos.
Quando são alegrias, vitórias, tanto melhor pois partilho de uma euforia sobre acontecimentos quase como se fossem totalmente meus. Quando são tristezas e preocupações sinto-me pesada pois encaro-os, também, quase como se fossem minhas.
Eu já fui bem pior, enchendo o rosto de lágrimas que nunca deveriam ter sido minhas. Isto porque, no meu círculo, sou a ouvinte, a mais paciente e animadora. Contudo, a dor que possa diminuir no outro aloja-se em mim, tornando-se minha.
Com o meu próprio crescimento interior fui aprendendo a ajudar, mantendo algum distanciamento de sentimentos que pertencem ao outro.
Mas este crescimento está longe da meta e não consigo deixar de sentir o meu coração contorcer-se no peito quando um(a) amigo(a) sofre. Custa-me e, às vezes, só me apetece ficar longe de tudo, permanecer no desconhecido para minha própria proteção.


Sem comentários: