ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Vocabulário

O vocabulário da Alice vai crescendo de dia para dia. Repete todas as palavras que ouve apesar de, na maioria das vezes, só ficar pela primeira sílaba. Por exemplo: a borboleta é a bo, a Vera é a Ve, a bolacha é a bo também. Contudo, em outras vai mais longe: a batata é a bata, a banana é a bana, o pimo e a pima, avó e avô, o pão e o café. Na perfeição sai a tia para quase todas as minhas amigas sem que ninguém lhe peça e a maioria das senhoras de mais idade são avós.
De todas as palavras que já fazem parte do seu dia-a-dia, existem duas que saiem da boca dela à velocidade da luz, 300 mil vezes ao dia: não (desde tenra idade) e a novidade das últimas semanas é: minha. Tudo que quer diz: é minha! é minha! Pode ser um boneco como pode ser o comando da tv, o telemóvel, uma bolacha que um menino leva na mão. Ela é dona e senhora do mundo que a sua vista alcança.
A vida vai-lhe ensinar que poucas serão as coisas que são mesmo nossas mas não importa porque o que realmente é importante é mesmo minha, minha, minha!

P.S. E ouvi-la gritar pela casa: mãe, mãeeee, a minha mãeeeeee! :)

3 comentários:

Anónimo disse...

Tal e qual a minha, que tb tem 18 meses:) E o chamar da mãeeeee é realmente uma constante. Só não diz é minha. Mas está na fase de birras, era tão sossegadinha:)

Ana

Dia - a - Dia disse...

Que gira!

:D

CS disse...

Ana já li que as birras são sinais que as nossas crianças são normais e saudáveis.
Um dia elas passam. É preciso alguma firmeza pois eduardo sá diz que as birras é uma forma de eles dizerem que não se conseguem aturar e de pedir aos pais que sejam pais e arranjem soluções.
bj