ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

segunda-feira, 5 de maio de 2014

28 meses a viajar no sentido inverso da marcha

Primeiro no ovo, depois na cadeira. Foram 28 meses felizes que estão a terminar. A Alice está cada vez mais pesada e eu cada vez mais fraquinha. Já me custa coloca-la na cadeira. Faço algum esforço, alguma ginástica de braços.
Foram 28 meses e pensava prolongar um pouco mais. Mas, por motivos de força maior, mais semana, menos semana, viraremos a cadeira no sentido da marcha. Na verdade, ficou marcada para a próxima limpeza ao carro o que poderá levar um mês :)
Já aqui falei no blog nos perigos de uma criança viajar no sentido da marcha. Em Portugal a obrigatoriedade de viajar de costas fica-se apenas no tempo em que viaja no ovo, ou seja, podem ser 6 ou 7 meses... no norte da Europa, estudos levam a que seja obrigatório até aos 4 anos. Já ouvi dizer que pretendem mudar a lei em Portugal para os 18 meses.

Aconselho a visualização deste vídeo muito curto que explica bem os efeitos de uma colisão a baixa velocidade. A mim convenceu-me:
 
 
 
 
 
 
 
Preço não é desculpa: esta cadeira da Chicco custou cerca de 130€
Pernas encolhidas não é desculpa: viajam sem queixume e bem melhor pernas encolhidas que lesão da medula
Enjoo não é desculpa: viajaram no ovo e não enjoaram. Na cadeira é igual
Desconhecimento pode ser desculpa: depois de o saberem já não
 
Viajem com segurança! Boa viagem para todos!
 
P.S. Para quem tem mais alguma margem de manobra financeira, as cadeiras da Volvo e da Britax são excelentes opções. Custam acima dos 200 euros mas permitem viajar de costas e de frente até aos 6 anos. Na internet conseguem-se muitos modelos e bons preços. Nas lojas as funcionárias não têm formação para informarem os pais das melhores opções e das mais seguras para os seus bebés.
A lei permite, agora apenas depende de cada pai a opção mais consciente para transportar os seus filhos.
 

3 comentários:

A Pimenta* disse...

Há pouco tempo fui a uma formação onde falaram na segurança rodoviário associada à primeira infância e foi bastante elucidativo a forma como explicaram a importância de transportar as nossas crianças assim. Há inclusive espelhos reflectores que permitem aos pais ver na mesma a criança mesmo que a cadeira esteja no sentido contrário à marcha.

ML disse...

Por cá são 18 meses no sentido inverso e continuaremos! :)

CS disse...

É mesmo a melhor opção... boas viagens ;)