ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Fastio em casa, fome na rua

Em casa as refeições têm sido tãoooo longas e sinónimo de chatices com a sopa e, por vezes, lágrimas. Na rua parece que a fome é uma constante.
Põe o pé na rua e diz logo: "Huummm... podíamos ir a um café comer um pãozinho e um leitinho!"
Entrámos no comboio depois de um almoço de sopa, segundo e fruta e diz: "Ai, mãe que fome! O que tens para eu comer?" Foram iogurtes, croissant, empada e água.
Chega ao aeroporto e teve direito a nuggets e batata frita (que chatice, eih!).
Entra no avião e a primeira coisa que me diz é: "Huumm, tenho tanta fome, mãe! Toca aí no botão e chama o homem da fome!" (nunca tal tinha ouvido)

4 comentários:

Anauel disse...

Eu acho que é normal eles passarem por fases dessas. Com a minha filha já aconteceu ela não querer sopa e o que eu fiz foi durante uns dias não insistir. A fase passou, ela voltou a comer a sopa e agora está na fase de preferir sopa ao segundo prato. Desde que ela coma a sopa e um bocadinho mais não a forço a comer. O pediatra aconselha o mesmo, porque eles podem ganhar aversão à comida. Mas a minha é igual, fora de casa está sempre cheia de fome :-)

Dina disse...

Então deve ser da idade porque lá em casa sofremos do mesmo mal...

Maria do Mundo disse...

Por aqui há sempre fome. Dentro e fora de casa. Somos uns comilões, todos.

Sofia disse...

As crianças nesta idade são mesmo o máximo! Adoro a conversa delas :D