ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Menino ou menina?

Nem sempre é fácil distinguir o sexo quando vemos um bebé.
Lembro-me bem de tentar encontrar sinais que me façam adivinhar o sexo antes que os pais percebam que não consigo descobrir pela cara se é menino ou menina.
É muito fácil quando o bebé vai quase todo de cor-de-rosa ou então coberto de azul dos pés à cabeça. Muito mais difícil quando ele aparece num fatinho que tanto dá para menino como para menina.
Outro sinal que muita gente costuma usar para adivinhar é olhar para as orelhas: estão furadas é menina, não estão furadas é menino.
O outro dia umas colegas de um anterior emprego que tive conheceram a Alice e deduziram que era menino. Eu disse que era uma menina e uma exclamou logo: "Ah, mas não tem as orelhas furadas!"
Para mim furar as orelhas (e repito para mim) é um acto de tortura para com um bebé ou criança. Eu seria incapaz de o fazer e deixo isso para quando ela for grande e quiser fazê-lo.
Se furarmos as orelhas em bebé, o que diremos quando ela quiser furar o nariz ou o resto da orelha? O princípio é o mesmo, não?!

7 comentários:

Mãe de gémeos disse...

Concordo plenamente, também não furei as da minha filhota (tem quase 28 meses) e ainda hoje muita gente diz a mesma coisa - "não tem as orelha furadas" o que explico é que primeiro que tudo o corpo não é meu e que será uma decisão dela. Para um bebé bastam as cólicas, os dentes, as febres nunca um sofrimento daqueles porque embora digam que não dói dói sim sehora e muitas vezes infecta. Uma coisa é certa detesto ver uma bebé com orelhas furadas com bolas ou brincos amarelos.

Bomboca do Amor disse...

A minha mãe só me deixou furar as orelhas já eu era bem crescidinha, já tinha uma noção bem definida da dor que poderia ter (e que acaba sempre por passar).
Acho que é uma dor (passageira) bastante desnecessária, mas cada um sabe do seu filho.
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Dina disse...

Se tivesse uma menina também não lhe furava as orelhas. Que o fizesse quando quisesse...

Elix disse...

Eu penso o mesmo... ela quando quiser fura as orelhas...

Denise Almeida disse...

Não podia concordar mais! Acho bárbaro fazerem isso a uma criança. Eu só furei as orelhas com 16 anos e todos os dias agradeço à minha mãe por ter sido tão sensata!

CoriscaRuim disse...

Eu só furei as orelhas quando tinha uns 14, 15 anos...
E ainda me lembro de usar um cabelo bem curtinho e, mesmo de vestido ou saias, perguntarem se eu era gajo ou gaja! Ficava furibunda!

Kaipiroska disse...

Concordo plenamente. Se um dia vier a ter uma menina, nem pensar em furar-lhe as orelhas. Quando tiver idade para decidir por si, há furar ou não, como preferir. Além de que não gosto de ver bebés de brincos.