ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Mudanças

A minha Nisca continua connosco no quarto. Tem um bercinho pequeno mesmo ao lado da nossa cama e apesar de ter nos planos (antes dela nascer) mudá-la antes de começar a trabalhar, a única coisa que mudei foi mesmo de planos.
Já perguntei à pediatra qual a melhor altura para se mudar um bebé para o seu quarto, ao que respondeu: "Não há altura certa. É quando mãe e filho se sentirem preparados."
Eu já não sei nada... é muito fácil falar quando não passa por nós. "Ah e tal, aos 2 meses já está no seu quarto! Ah e coiso, na nossa cama é que não vai! Ah e tal, tal, birras comigo é que não!"
Uma coisa já tenho certa, enquanto ela estiver a mamar de 2h em 2h ou de 3h em 3h durante toda a noite, impossível tê-la noutro quarto. Se ela se mudar, terei de me mudar também ou corro o risco de virar zombie.
Contudo, aproveito os últimos dias de licença para, aos poucos, ir preparando o quarto dela. Estando ou não preparada para a mudança, estou inquieta para ter o quarto pronto. Fosse por mim, já o tinha antes mesmo dela ter nascido e o escritório barra quarto de hóspedes já tinha ido à vida.
Os livros foram uma das primeiras coisas a sair... estão a ser espalhados pela casa.



4 comentários:

Mammi Cris ♥ disse...

tenho o mesmo problema!!! eu tenho o quarto do Gonçalo pronto antes de ele nascer mas ele dorme no meu quarto num mini berço acho que só vai haver troca de quartos quando ele deixar de caber no mini berço! :)

PIRII disse...

1º estas coisas só se sabem quando passam nós. os outros não sabem nada. vai pelo teu instinto

2º adoro livros pelo chão, desde que todos lá

3º o primeiro parágrafo do teu post é delicioso

Me disse...

A Mini Me apesar de dormir a noite toda desde que tem um mês e meio, ainda está no berço no nosso quarto.

Quando tinha 3 meses conversei com a pediatra porque a queria mudar e ela respondeu-me sem quaisquer dúvidas que não, que só aos 6 meses. Como a pediatra da Mini Me não é de grandes manias e exageros, acato sempre o que ela me diz e por isso a madame ainda está ali ao nosso lado todas as noites.

Carlinha disse...

Ainda não sou mãe, mas acho que vou ser de tal forma galinha que o(a) bebé não sairá do meu quarto antes do 1º aniversário... Mas eu sou um caso estranho no que toca a dormir com os pais, por isso,acho que não conta.
Follow your guts! Bjs