ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Quem eu sou

Eu sou eu e tudo aquilo que vivo e pessoas que conheço e lugares que vou e palavras que leio.
Sou feita de coisas boas e coisas menos boas.
Sou feita de sonhos e ilusões.
Sou feita de desilusões.
Sou feita de conversas ditas e conversas que ficaram por dizer.
Sou feita de socos no estômago e nós na garganta.
Sou feita de grandes e sonoras gargalhas.
Sou feita de momentos duradoiros e passageiros.

Se fosse um desenho animado eu era a Doris, a doce e distraída Doris. Talvez não seja assim tão doce mas assim tão distraída e esquecida já sou. E isso tanto joga a meu favor como é um handicap enorme em discussões e argumentações.
E no jogo conjugal quero e preciso contra argumentar com situações passadas e não vou além do: "Ah, mas no outro dia foi igual contigo!" ou "Mas da última vez já não disseste isso!" e quando ripostam pedindo pormenores fico pelo: "... não me lembro mas sei que foi deste género..." ou "... aconteceu assim parecido..."
Se é bom, muito bom esquecermos conversas ditas, atiradas ao ar, palavras menos bonitas ou situações menos felizes, é mau, muito mau quando queremos e sabemos ter a razão mas faltam-nos provas porque apenas nos lembramos vagamente do crime mas já nem temos bem presentes o rosto do criminoso, a prova do crime, os vestígios e nem sequer o local do crime.
Eu sempre fui assim mas depois de ser mãe a situação elevou-se ao quadrado. Prevejo um futuro muito escuro com perguntas do género: "Quem és tu?", "Quem sou eu?", "Onde estamos?"



Sem comentários: