ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quinta-feira, 5 de março de 2015

Estranha lei da natureza

Que estranha lei da natureza é essa que faz com que os filhos dos outros durmam mais horas, comam legumes  sem reclamar, não façam birras e nem gritem em público como os nossos adorados.
Quem tem um filho adorado como eu e diferente dos filhos dos outros levante o braço!

3 comentários:

raquel disse...

EU!
Braço levantadíssimo!!!!!

Kiduxa disse...

É de facto muito estranho!
A minha filha tem quase 2 anos e meio, só come legumes passados e é quando quer comer a sopa. Tão depressa come muito bem, como muito mal.
Dormir?!
Ui dormir é coisa que desde que fiquei grávida nunca mais consegui fazer satisfatoriamente. Nem mesmo nas poucas noites que dorme nos avós porque, também precisamos de tempo para reapreender a dormir uma noite seguida depois de meses, anos a dormir interrompidas!
Mas depois há quem tenha filhos que dormem a noite toda e comem sempre tudo, legumes e saladas como se fossem as melhores iguarias de sempre.
A minha, repito, é das que dorme normalmente mal (para o meu conceito de dormir bem! devia dormir pelo menos 10h seguidas!), noites seguidas só às vezes, sopa na escola sempre, em casa pouco… e sabem que mais, não me ralo muito… senão fico maluca.
Mas a minha filha também é das que ainda mama, se calhar é disso, dirão já algumas!!! Ainda mama e não bebe outro leite, porque não gosta, nem com chocolate, mas eu também sou daquelas mães que não é apologista de leite de vaca. Mas come iogurtes todos os dias – normalmente 2 – um liquido ao pequeno almoço, 1 sólido ao lanche. Papas, depois da introdução das papas só come cerelac (normalmente só nos lanches do fim-de-semana), porque a mãe acha que todas as outras apresentam pouco valor acrescentado e a cerelac é centenária, apesar de verdadeiramente diferente de outrora.
Não a minha filha não é perfeita, mas é feliz. Ser feliz é tudo o que importa. E eu nem sou mãe perfeita, nem tão pouco descansada, mas faço o impossível para que a minha filha seja feliz.

Eduarda Pedro disse...

Euuuuu!!!!!!!