ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A casa nova

Hoje faz uma semana que mudámos. Ainda tenho alguns caixotes, ainda tenho alguma (bastante) desarrumação. Faltam algumas mobílias que vamos comprando. Temos eletrodomésticos novos!
A outra casa foi entregue ao seu dono. Porta fechada. Local para onde fomos tinha a Alice 1 ano e meio, o António "nasceu" lá, fizemos tantos jantares com amigos, foram quase 4 anos.
Pensei que fosse sentir saudades, pensei que fosse sentir alguma nostalgia mas... fechei a porta e sinto-me como se sempre tivesse vivido na casa onde estamos agora.
Não sei explicar a razão mas acho que as noites mal dormidas, o cansaço e as birras do António adormecem-me determinadas emoções. Às vezes acho que estou em piloto automático, faço o básico e se precisar de agir com mais raciocínio ou elasticidade mental, bloqueio. Esqueço-me do que me disseram, esqueço-me do que tenho que fazer e agora esqueci-me que já vivi em outras casas...

 
Eles adaptaram-se perfeitamente. Eles estão felizes onde os pais estiverem felizes. Mesmo andando nós stressados com o excesso da trabalho que implica montar uma nova casa, mesmo com os gritos, eles abraçam-nos e beijam-nos sem rancor. Esquecem que nos zangámos, esquecem que gritei: Ai, que eu não posso mais com tanta mãe, mãeeee!, esquecem que fizemos má cara, cara feia, cara de quem quer fugir e não pode. Esquecem o nosso mau humor e dizem: "Eu só quero um abraço e um beijo! Só quero que te sentes ao pé de mim!"

8 comentários:

Anónimo disse...

Melhor não saberia explicar: "as noites mal dormidas, o cansaço e as birras" neste caso do Miguel "adormecem-me determinadas emoções. Às vezes acho que estou em piloto automático, faço o básico e se precisar de agir com mais raciocínio ou elasticidade mental, bloqueio. Esqueço-me do que me disseram, esqueço-me do que tenho que fazer". É exactamente assim que eu me sinto!!

Just me disse...

O chamado Amor incondicional ;) e tão bom e reconfortante que esse Amor é! :)
Como lhe disse, também mudei de casa e por acaso também foram 4 anos... mas quando mudamos é porque sentimos que precisamos de alguma coisa diferente.
Podemos sentir uma nostalgia inicial mas depois desvanece, talvez porque a nova casa seja um local escolhido por nós e agrada-nos de igual forma.
Que seja muito feliz no novo lar!

CS disse...

Anónimo, será que conseguimos formar um clube ou isso exigirá um esforço intelectual maior do que aquele que precisamos para encontrar uma casa de banho quando sentimos vontade de fazer xixi ;)
Vá, dizem que melhora! Acho que melhora porque vamos perdendo faculdades e não nos apercebemos tanto do caos que nos rodeia.

CS disse...

Just me, felicidades nessa casa nova. Sim, a casa onde estávamos já não preenchia as nossas necessidades enquanto família. Era casa para casal sem filhos :) Muito gira, moderna, atual mas não para 2 filhos.

Anónimo disse...

Se pudermos dormir no clube eu alinho!!! :)

A Pimenta* disse...

Há dias em que ser mãe é difícil. E com mudança de casa, a coisa forma uma bola de neve capaz de dar com qualquer um em doido. Mas força nisso!

CS disse...

Claro que sim. E clube vedado a criancas :)

CS disse...

Dizem que esta é a melhor fase :/ parece que vem pior ;)