ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sábado, 4 de fevereiro de 2017

António, és tu, meu filho?

Já houve alturas em que tive vontade de espalhar a comida pelos cantos da casa e deixá-lo aproveitar à vontade.
2 anos feitos em novembro e o segundo prato ainda é um drama. Bem... quase nunca é um drama porque desisti de insistir. Havia choros e gritos. Agora é mais calmo. Coloco o segundo no prato. Dou-lhe o prato. Come com as mãos o que quer e entende. Depois devolve-me o prato (umas vezes cheio, outras vezes meio cheio e a outra metade na roupa e chão, poucas vezes, o estômago chega a saber o que foi o jantar, além da sopa e fruta).
Sou eu que não sei, é ele que não quer, sou eu que tenho menos força, é ele que é difícil... vou relativizando. Não acredito que só coma sopas toda a vida. Não posso nem consigo ter forças para desesperar.



5 comentários:

Just me disse...

Não posso dizer que partilhe, inteiramente, dessa experiência, dado que o meu filho até vai comendo bem, mas realmente noto que o segundo prato come-o sem grande vontade, porque eu vou insistindo. Mas legumes nem vê-los, só cenoura, o resto manda-me comer a mim. E sim, muitas vezes também come sopa e fruta e mais nada. Mas acredito que crescendo, mude.
As crianças estão sempre a mudar, vai ver que é só uma fase.
Um bom fim-de-semana :)

CS disse...

Fase longa... ;)
Obrigada pela partilha.

Kaipiroska disse...

Nem vale a pena desesperar. O importante é que ele esteja bem e com saúde. O resto vem com o tempo.

Anauel disse...

O meu (2 anos feitos em janeiro) tem fases. A sopa come quase sempre sem dramas, o prato depende muito do que é. Ás vezes, quando sei que ele gosta mesmo dessa comida (poucas vezes)não lhe dou sopa e ele come um boa quantidade. Ex: arroz malandro, massa esparguete mas com moljo, massa à lavrador... Come é toda a variedade de fruta e adora. A carne ainda tem de ser na sopa. Peixe...só mesmo filetes e sardinhas pequeninas :-)
Acredito que vá melhorando... não vale a pena fazer dramas :-)

A Pimenta* disse...

A minha filha também tem o mesmo problema. A sopa ainda vai comendo bem, mas o prato principal é um problema. Sobretudo ao jantar. Come a sopa mas e o resto? Ainda por cima não quer comer carne, diz que não gosta. Por isso a única forma de compensar é pôr a carne na sopa. Tenho receio desta negação em relação à carne, sobretudo quando ela for para o pré-escolar. Temo que a obriguem a comer à força e não sei se assim ela irá ceder à carne. Há dias em que não é fácil dar a volta à situação.