ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Perguntas que não estamos à espera de ouvir...

No meio da agonia de estar prestes a fazer uma cesariana o médico pergunta-me: "Quer aproveitar e fazer uma laqueação?"
Eu acho que fiz uma cara tão feia e de espanto que ele logo disse: "Pronto, era só para saber... tudo bem!"
Depois fiquei a pensar que não era assim tão descabida a pergunta. Seria a minha segunda cesariana e a fazer quase 41 anos. Tinha uma menina e um menino (o sonho de 90% dos casais) e podia fechar portas sem me preocupar com contraceptivos.
Mas não... para já era uma pergunta demasiado séria para decidir na hora. Nunca me tinha passado pela cabeça essa possibilidade e depois essa questão de ser definitiva é assustadora.
Não estou a pensar ter mais (muito menos quando ainda tenho agrafos na barriga e mal me mexo) mas o futuro é incerto. Caso acontecesse uma terceira, aí já pensasse numa laqueação. Até lá voltaremos às pílulas.
Do anestesista veio a pergunta: "Quer epidural ou anestesia geral?"
Hummm... que maravilha não sentir um médico a pular na barriga, que bom não ouvir o som do aspirador dentro de mim, que fantástico não sentir o ponto cruz na barriga, o puxa e estica, o agrafos a clicar e uma pessoa a tremer amarrada a uma maca. Bom, muito bom!
E da minha boca sai: "Epidural!" Pensei no bebé e pensei na minha recuperação. Aqui não entrou o fato de querer muito estar acordada quando ele nascesse. Trocava isso por não sentir tudo aquilo que se sente e se vê numa cesariana.
Na verdade, só me mostram por breves segundos já ele está vestido. Depois, no recobro é que o colocam ao meu peito. Contudo, saber que uma anestesia geral é pior para ambos e torna a recuperação mais difícil nem me faz pensar 2 vezes (bem... pensei 1 vez e meia mas sempre soube a resposta).


Sem comentários: