ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, 18 de março de 2016

Vacina contra o Meningococo B

Uma vez que a vacina não pertence ao Plano Nacional de Vacinação a decisão está nas mãos de cada pai e na capacidade financeira dos mesmos uma vez que cada dose chega quase aos 100€.

"A meningite B é uma doença rara, mas grave: em 2011 a incidência foi de 0,58 casos por cada 100 mil habitantes. Pode ser fatal em 5% dos casos, deixar sequelas neurológicas ou causar perda de audição, alterações cognitivas, cicatrizes cutâneas e amputações. Desde a introdução da vacina para a meningite C no Plano Nacional de Vacinação, a ocorrência desta diminuiu e, a B, passou a ser a mais frequente no nosso país. Atinge principalmente os bebés até 1 ano e, logo a seguir, as crianças até aos 4 anos, de acordo com dados da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.
A vacina contra a meningite B é administrada na coxa dos bebés e no braço das crianças, adolescentes e adultos. Só se pode tomar depois dos 2 meses. De acordo com a idade, as doses variam:
• 2 a 5 meses: 3 doses + 1 reforço.
• 6 a 11 meses: 2 doses + 1 reforço.
• 12 a 23 meses: 2 doses + 1 reforço.
• 2 a 10 anos: 2 doses.
• A partir dos 11 anos, inclusive adultos: 2 doses."

In Deco Proteste

As meningites por meningococo são responsáveis pela forma mais agressiva desta doença. Ele circula entre nós no trato respiratório, podendo passar de um portador assintomático para uma criança, deixando-a doente. A forma mais eficaz de controlo da infeção meningocócica é a vacinação.

A conselho da nossa pediatra a Alice já levou as suas duas doses e o António levou ontem a primeira de 3 doses. Só me arrependo de não ter esperado um pouco mais no caso do António. A partir dos 24 meses bastariam 2 doses não havendo necessidade do reforço. Seria assim menos 1 vacina, a dor dela, os efeitos secundários e menos 100€.


4 comentários:

A Pimenta* disse...

Eu dei à minha filha. Se uma pessoa pode, há que dar o melhor e prevenir acima de tudo.

Rabiscos de Amor disse...

Dou voltas à cabeça por causa desta vacina :/ e continuo indecisa!

Sofia disse...

Por aqui tb se deu a conselho da pediatra!

Eliana disse...

Olá Claudia,
no meu caso, dei ao Di 3 doses + 1 reforço, acabou aos 15 meses e foi dada intercalada com a prevenar, por indicação da pediatra.
No meu caso, quando a médica falou, nem pestanejei e ainda hoje não me arrependo 1 dia de o ter feito. Foram menos uns jantares fora, menos umas roupas ou um sapatos, etc... mas foi pela saúde do meu filho. Já que não fiz recolha das células estaminais, quis despreocupar-me desta vez se poderia acontecer alguma coisa ao menos ele estaria protegido, embora sejam coisas para fins diferentes.
E também não me arrependo, porque o meu filho já estava a tomar a vacina quando apareceu na Terceira 1 caso de Meningite B a um bebé de 4 meses. Ao que soube, acabou tudo em bem, mas a enfermeira disse-me que nunca é demais, porque se aquela criança apanhou é porque o vírus anda por aí, e como aquele bebé teve, poderia ter sido o meu a apanhar.
Fiquei descansada e nem penso no que gastei!