ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

O dia começou

Hoje o dia começou às 5h da manhã. Birra da princesa meteu-nos todos em sentido e fora da cama.
Agora não lhe chega acordar para mamar, agora quer mamar e depois ficar a chuchar até adormecer, coisa que pode ir de 10 minutos a 1 hora ou mais. Se lhe tiro do peito e a meto no berço é um: "mamamamamã... mamamamã..." entre choros.
Resultado: os três de sofá desde as 5h e tal da manhã até hora de sair para o trabalho. O pai foi-lhe adormeceu pelas 7h (acho eu) e quando saí de casa ainda dormia no berço.

Eu tenho para mim que ela tem um sexto sentido, algum dom oculto e que adivinhou que pretendo tirar-lhe da mama mais mês, menos mês, por volta de 1 ano, mais coisa, menos coisa. Desde essa adivinhação acorda mais vezes de noite e não quer descolar da mama nem por nada. Se adormeço ao amamentar vejo que passou 40 ou 50 minutos e ela continua agarrada a chuchar. Quando lhe tiro transforma-se em Drama Queen. Podemos afirmar que 70% das vezes tiro-lhe e ela não reclama, virando-se para o lado e dormindo. As outras 30% das vezes ou volto a colocar à mama por mais tempo ou temos festival.

Durante o dia não há maneira de lhe enfiar o biberão na boca. Pode ser de leite artificial, pode ser de leite materno, pode até ser de água, biberão na boca é que não! E falamos de uma bebé que desde os 4 meses bebia todos os dias um biberão de leite materno, pela mão do pai. Desde que tentámos enganá-la com o leite artificial no biberão e ela provou e quase cuspiu na cara do pai que ninguém lhe convence a meter um na boca.
Ontem bebeu leite materno à colher e depois bebeu leite artificial também à colher, ambos sem reclamar.
Primeira conquista, já não rejeita o sabor do leite artificial. Próxima conquista em vista, voltar a convencê-la a usar o biberão.

Também já pensei amamentar até 1 ano de idade e depois fazer logo a transição para o leite de vaca. Na consulta dos 9 meses vou discutir isso com a pediatra.
Também vou discutir com ela o facto de não querer o biberão. Se podemos dar à colher e passar para o copo depois de deixar a mama.

Confesso-vos uma coisa, quem não opta pelo desmame natural, ou seja, pela escolha do bebé, (como tem sido o meu falhado caso) é um cabo dos trabalhos. E sigo este caminho de desmame por minha opção e não da Alice por achar que ela seria uma criança que mamaria até aos 3 ou 4 anos (sem qualquer certeza ou confirmação médica, claro) e eu não quero passar muito dos 12 meses. Se tivesse a certeza que ela deixaria naturalmente por volta dessa idade (sem dias ou meses marcados) eu não teria metade das preocupações e stresses que tenho. Às vezes acho que vou arriscar e ver no que isto dá, outras vezes acho que quando mais tempo passar sem mudar as suas rotinas mais difícil será.

Pronto, já há muito que deu para perceber que neste campo do "fim" da amamentação a minha cabeça e coração é um verdadeiro caos... Não sei o que está a ser mais difícil para mim, se o início da amamentação com os mamilos gretados, com ela a mamar de hora a hora, dia e noite, de nunca querer ficar ao peito menos de 1 hora, se o fim que antecipo por minha vontade e não por vontade dela.
Quebra-me o coração só de pensar que pode chegar o dia que ela chorará para ir à mama e que eu recusarei... eu ando confusa de todo...

5 comentários:

Anónimo disse...

Isso é tudo normal, são só fases!! quanto mais idade eles têm, mais espertos e manhosos ficam, nós é que temos que saber dar as voltas e por vezes sermos muiiiito fortes para dizer não (é um dos grandes desafios de ser mãe). Quando fiz o desmame aos 9 meses o meu menino tb de principio fez nariz, mas tive que insistir e lá resultou. Agr fiz a transição do leite de vaca e correu muito bem. Vais ver que com a Alice vai correr tudo bem. Vânia da Graça

CS disse...

Vânia, o desmame foi gradual ou radical, tipo: a partir de um dia deixou de haver mama totalmente.
Esta é uma das minhas dúvidas, se será melhor cortar de vez ou ir aos poucos e ela fica confusa do ora há mama, ora não há...
Durante o dia já não dou. Mantenho à noite antes do berço e durante a noite 3 a 4 vezes consoante os desejos da princesa.
Obrigada pela partilha

Anónimo disse...

Olha com o Afonso foi um pouco diferente, porque ele só mamava 2 vezes (1 de manhã e outra antes de dormir). A 1ª vez que dei o LA ele não aceitou muito bem tive que intercalar, tentava que ele bebesse mais do LA do que do LM pelo biberão (claro com choros e birras) mas o meu menino smpr foi boa boca e então durou pouco a adaptação. Tenta não lhe dar mais mama á noite, e sim de biberão para ela se ir acostumando que acabou a mama.Fazes bem em não dar de dia, que é para ver se ela se habitua. CS por vezes é difícil vê los chorar mas vais ter que ser forte e ser mais resistente que ela, porque a amamentação deve ser um prazer para ambas! Um outro conselho quando fores fazer a secagem, faz ao natural e não tomes comprimidos, os comprimidos são violentos. Espero ter ajudado, e qualquer dúvida tenta falar com a pediatra pode ser que ela tenha algum truque Depois conta nos como está correndo.
Vânia da Graça

CS disse...

Vânia, ela não pega no biberão. Criou aversão... ainda não vou deixar a mama da noite. Essa será a última. Quero tirar primeiro as que faz durante a noite. Vai ser penoso...

Anónimo disse...

Muita paciência e vais conseguir, sei que não é fácil que por vezes entramos em desespero, mas acredita que é mais uma fase (pk depois há a fase de eles não quererem dormir nem de dia nem de noite e ficam tão aborrecidos, de não quererem comer e tudo e tudo) os filhos estão sempre a testar as nossas capacidades. Muita força e acredita que vai tudo correr pelo melhor. Segue sempre o teu instinto! Beijinho grande
Vânia da Graça