ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A minha gravidez: os primeiros meses

Não sou pessoa demasiado preocupada com a saúde. Os meus medicamentos resumem-se à pílula e ao famoso Ben-u-ron. Não tenho alergias, nada crónico ou não crónico.
Assim sendo, nos primeiros meses de gravidez, sob indicação do médico, tomei as vitaminas por ele receitadas e quando vinha alguma dor de cabeça mais forte um Ben-u-ron ou Panasorbe.
Vieram os enjôos diários até aos 3/4 meses. Todos os dias quase lavava a cara na sanita e acompanhado de um som que B. caracterizava como sendo de um dinossauro à caça. Nunca cheguei a tomar os comprimidos de enjôo que o médico aconselhou e cujo nome nem me lembro. Achava que no dia seguinte iria passar e acabou mesmo por passar, apesar de quase ter vomitado as entranhas.
Os meus cuidados nestes primeiros meses não foram muito diferentes dos que tenho no dia-a-dia. No entanto, cultivava a minha sesta diária tal era o cansaço que tinha, como nunca tive, nem quando a Alice nasceu e me transformou num zombie.
Dormia 1 hora ao final da tarde que me devam forças para aguentar um serão, caso contrário, B. tinha uma morta-viva todos os dias quando chegava do trabalho.
Outro cuidado, que nunca chegou bem a ser um cuidado porque nunca liguei muito mas aconselho a todas as grávidas, é o peso. Não o peso delas, é normal atingir-se pesos nunca antes antigidos na vida. É o peso do que se carrega ao ombro, nos braços, no colo.
É muito importante não carregar muito peso, até nas nossas malas. Já ouvi histórias bem tristes à conta de peso carregado.
Na alimentação, o meu médico era muito descontraído. Disse-me: "Coma de tudo. Com moderação, como qualquer outra pessoa, independentemente de estar grávida ou não." Saladas só comia em casa, tudo o resto marchava, até o marisco. Contudo, aconselha-se algum cuidado, principalmente com quem não é imune à toxoplasmose. Eu encontrava-me no limite da imunidade.
Não me lembro de mais qualquer outro cuidado ou preocupação nos primeiros tempos.
Noutro post falarei a maior decisão das primeiras semanas: fazer ou não a amniocentese.

1 comentário:

Silvana Santos disse...

Eu tive cuidado com certas coisas pois não era imune á toxoplasmose. Tanto cuidado e acabei por contrair o vírus :S

De resto tive uma gravidez santa! Nada de enjoos, pouco aumento de apetite e consequentemente, pouco aumento de peso.